in

Vendas da L’Oréal crescem 5,6%

Foto Kurachik/Shutterstock

A L’Oréal faturou 7.614,5 milhões de euros, no primeiro trimestre, o que representa um crescimento de 5,6% face ao mesmo período do exercício anterior. Em termos comparáveis, o crescimento foi de 10,2%.

Por linhas de negócio, a maior subida foi registada pela divisão de Active Cosmetics, com uma melhoria de 21,8%, em termos homólogos, para os 1.023 milhões de euros. O segmento profissional cresceu 12,9% e a divisão de luxo 12,4%, com vendas de, respetivamente, 848,3 milhões e 2.770 milhões de euros.

Por seu turno, a faturação do negócio de consumo totalizou 2.973 milhões de euros, com um ajuste de 0,7% derivado ao encerramento de muitos espaços de venda, como perfumarias, especialmente na Europa e na América do Norte, fruto da pandemia,

 

Recuperação do mercado da beleza

Na Europa Ocidental, as vendas da multinacional francesa estabilizaram, enquanto na América do Norte caíram 1,8%. Não obstante, o grupo conhecido por Novos Mercados cresceu 12,6% e compensou aquela descida.

Apesar da crise sanitária e das medidas que lhes estão associadas em alguns países, particularmente na Europa Ocidental, o mercado da beleza continua a recuperar. Nesse contexto, a L’Oréal iniciou um ano com um crescimento muito forte”, destaca Jean-Paul Agon, presidente e CEO da empresa. “Num ambiente que está a melhorar progressivamente, devido aos programas de vacinação e ao compromisso e determinação das equipas em todo o mundo, a L’Oréal mantém o seu espírito de luta, centrado no lançamento de produtos e em investimentos que impulsionem o crescimento das suas marcas. Por isso, confiamos na nossa capacidade para superar o mercado e conseguir um ano de crescimento, tanto em vendas como em lucros”.

Publicidade

Horizon

Auchan, Metro, DIA e Casino dissolvem a sua aliança

Colaboradora do supermercado Mercadona de Ermesinde

Mercadona fatura mais 5,5% em 2020 e atinge os 26.932 milhões de euros