in

Vendas da Amazon crescem 21,7% em 2021

Foto Shutterstock

A Amazon faturou 410.091 milhões de euros, durante 2021, o que representa um aumento de 21,7% face a 2020. Deste valor, 211.047 milhões de euros correspondem às vendas de produtos, que cresceram 12%, enquanto o negócio dos serviços faturou 199.044 milhões de euros, mais 22,4%.

Por seu turno, o resultado líquido da gigante norte-americana de comércio eletrónico situou-se em 29.122 milhões de euros, o que representa um crescimento de 56,4% face aos lucros registados em 2020.

 

Lucros crescem 98% no 4.º trimestre

No último trimestre de 2021, o volume de negócios foi de 119.942 milhões de euros, enquanto o resultado líquido aumentou 98,3%, para 12.502 milhões de euros.

Andy Jassy, CEO da Amazon, mostra-se otimista quanto ao futuro, não obstante os desafios colocados pela subida dos custos, impulsionados pela escassez de mão-de-obra e as pressões inflacionárias, que deverão manter-se neste primeiro trimestre de 2022, devido à variante Ómicron.
A empresa anunciou que vai aumentar o preço do serviço Prime nos Estados Unidos, pela primeira vez desde 2018, devido ao aumento dos salários e dos custos de transporte.

Publicidade

alternativas à carne

Metade dos consumidores europeus come mais alternativas à carne desde a pandemia

comércio a retalho

Comércio a retalho na Europa fecha 2021 com alta de 5,5%