in

Vendas a retalho na zona euro crescem em outubro

As vendas a retalho na zona euro registaram um aumento de 0,2%, em outubro, e de 0,3% na União Europeia, em relação ao mês anterior, de acordo com dados do Eurostat, o serviço de estatística da União Europeia. Em setembro de 2021, as vendas no retalho tinham crescido 0,4% na zona euro e 0,3% na União Europeia.

Especificamente, na zona euro, em outubro, o volume do comércio retalhista cresceu 1,3% para os combustíveis para automóveis e 0,4% para os produtos não alimentares, enquanto nos alimentos, bebidas e tabaco diminuiu 0,1%.

Na União Europeia, o volume das vendas a retalho aumentou 1,3% para combustíveis, 0,6% para produtos não alimentares e 0,2% para os alimentos, bebidas e tabaco.

Entre os Estados-Membros para os quais existem dados disponíveis, os maiores acréscimos mensais do volume total do comércio a retalho registaram-se na Eslovénia (+13%), Portugal (+2,3%) e na Dinamarca (+2,2%). As maiores quedas foram observadas na Letónia (-5,4%), Áustria (-2,8%) e Estónia (-2,6%).

 

2020

Comparativamente a outubro de 2020, as vendas a retalho cresceram 1,4% na zona euro e 2,3% na União Europeia.

Em concreto, na zona euro, o volume do comércio a retalho aumentou 8,5% para os combustíveis e 2,5% para os produtos não alimentares, enquanto nos alimentos, bebidas e tabaco diminuiu 1,2%.

Na União Europeia, o volume das vendas a retalho aumentou 9% para combustíveis e 3,8% para produtos não alimentares, enquanto nos alimentos, bebidas e tabaco caiu 0,8%.

Entre os Estados-Membros para os quais existem dados disponíveis, os maiores aumentos anuais registaram-se na Eslovénia (+34,3%), Polónia (+12,4%) e Estónia (+11,0%). As maiores quedas ocorreram na Alemanha (-2,8%), Letónia (-2,3%) e Irlanda (-1,9%).

Publicidade

Spar

SPAR forçada a fechar 300 lojas devido a um ciberataque

Sector do azeite forçado a parar