in

Unilever quer aumentar o portfólio de marcas

Foto Shutterstock

O CEO da Unilever, Alan Jope, considera que a multinacional deverá aumentar o seu portfólio de marcas, à medida que a sociedade se diversifica e se torna cada vez mais difícil ser relevante para o maior número de pessoas.

A Unilever chegou a ter em carteira 1.600 marcas, mas os constrangimentos económicos obrigaram a baixar esse número para 400. Alan Jope quer, agora, reverter a tendência através de aquisições e do desenvolvimento interno de novas marcas.

De acordo com o jornal JD, o antecessor de Alan Jope, Paul Pollman, tinha já encetado por essa via e direcionado 11 mil milhões de euros para aquisições, que permitiram à Unilever evitar a estagnação e crescer, no primeiro trimestre, 3,1%, uma vez que sem esses 32 ativos o crescimento teria sido de 2,4%.

Na mira da Alan Jope estão marcas que sejam relevantes para a sociedade atual, com, por exemplo, que contribuam para um ambiente mais limpo.

Publicidade

Publicidade

Pernod Ricard compra participação maioritária na Rabbit Hole Whiskey

Nova marca de gaming portuguesa chega ao mercado