in

Unicer reafirma aposta em Angola

A Unicer registou, em 2016, resultados líquidos de 38 milhões de euros, mais 46% face a 2015, segundo adiantou o CEO da empresa, Rui Lopes Ferreira, durante a comemoração dos 90 anos da Super Bock.

Este aumento refletiu a finalização do processo de reestruturação, que teve efeito nos resultados de 2015.

As vendas desceram 1%, para 451 milhões de euros, com um impulso do mercado interno, que cresceu 6%. A nível internacional, a cervejeira portuguesa continua a sofrer com o impacto de Angola, com as vendas a reduzirem em 24%. Sem este efeito, teria aumentado 20%.

Face a estes resultados, o CEO da Unicer adiantou que mercado chinês ultrapassou o angolano em importância. A empresa triplicou vendas na Ásia e Angola, que chegou a valer 120 milhões de litros de cerveja, é “quase zero“, segundo o CEO.

Apesar do congelamento dos investimentos em Angola, a Unicer reitera, contudo, a aposta neste mercado e Rui Ferreira não exclui que possa mesmo regressar aos planos para aí abrir uma fábrica, embora não num futuro próximo.

A Unicer registou uma dívida abaixo de 100 milhões. O EBITDA aumentou 3%, para 86 milhões de euros.

A Super Bock, que comemorou 90 anos, representa cerca de 80% das vendas da Unicer.

Publicidade

Supermercados Billa lançam primeiro serviço de entregas em bicicleta

Moscatel de Setúbal Superior entre os grandes vinhos de Portugal