in

Tradeinn prevê atingir um volume de negócios de 600 milhões de euros até 2024

Cresceu 21% durante os primeiros quatro meses do ano

Tradeinn vendas online

O gigante europeu da distribuição desportiva online Tradeinn cresceu 21%, durante os primeiros quatro meses do ano, e espera fechar 2024 com uma faturação de 600 milhões de euros.

Estamos muito satisfeitos com o nosso desempenho em 2024“, disse o CEO da Tradeinn, David Martin, à CMDsport, destacando o dinamismo das vendas registado pelas suas verticais Trekkinn, Bikeinn, Runnerinn e Snowinn como os principais motores de vendas nos primeiros quatro meses deste ano, “algo que já aconteceu nos primeiros quatro meses do ano passado“.

O diretor da Tradeinn negou que as vendas online estejam a diminuir, como muitos analistas de mercado têm vindo a afirmar há vários meses. A este respeito, assegurou que “os nossos dados sustentam o contrário; vemos que as pessoas estão a comprar cada vez mais online e isso beneficia-nos“.

 

Foco no comércio online

Questionado sobre a possibilidade da Tradeinn seguir o exemplo da Deporvillage e apostar na criação de uma rede de lojas físicas, David Martin garantiu que “esse nunca será um dos nossos objetivos. O nosso foco é o comércio online e é isso que sabemos fazer e estamos a tentar fazer cada vez melhor“.

Esta determinação também exclui a possibilidade de alianças ou operações empresariais com operadores de retalho desportivo. Segundo David Martín, “não comprámos, nem estamos a comprar, nem compraremos operadores“.

 

Siga-nos no:

Google News logo

Ceconomy

Ceconomy aumenta as vendas e os lucros

Ahold Delhaize CEO

Claude Sarrailh nomeado CEO da Ahold Delhaize para a Europa e Indonésia