in

Sonae Sierra abre o seu primeiro centro comercial na Colômbia

A Sonae Sierra e a colombiana Central Control, ambas dedicadas ao desenvolvimento e gestão de centros comerciais, escolheram a capital do Norte de Santander para o desenvolvimento deste projeto estrategicamente localizado no anel rodoviário oriental de Cúcuta. Um terceiro investidor, a PEI (Patrimonio Estrategias Inmobiliarias), um veículo de investimento imobiliário líder na Colômbia, acaba de se associar à joint-venture.

Tiago Eiró, diretor geral da Sonae Sierra na Colômbia, destaca que “o Jardín Plaza constitui um novo conceito de comércio e de lazer na cidade de Cúcuta. Estamos a criar muito mais do que um centro comercial. É um local onde os visitantes podem relaxar, passear, encontrar-se com amigos para uma refeição, desfrutar de concertos e espetáculos ao vivo e assistir a todo o tipo de eventos. Estamos muito orgulhosos do nosso primeiro projeto na Colômbia”.

O centro comercial conta com uma ampla oferta de 180 lojas de marcas locais, nacionais e internacionais, que vão ao encontro dos gostos e preferências dos habitantes de Cúcuta.
Além da sua oferta comercial e de lazer, o Jardín Plaza Cúcuta será um importante polo económico, permitindo a criação de cerca de 3.500 empregos diretos e indiretos na cidade, a juntar aos 1.500 postos de trabalho criados durante a fase de construção.

Graças ao conceito de centro comercial a céu aberto, os visitantes poderão interagir com o ambiente ao ar livre e, ao mesmo tempo, tirar partido de áreas cobertas, como a praça de restauração e corredores, que garantem mais conforto aos visitantes e permitem que façam compras com total comodidade, independentemente das condições meteorológicas.

Para a implementação do conceito a céu aberto, foram realizados estudos aprofundados sobre as características específicas do clima, a população e a cultura da região. Tal implicou uma análise detalhada do nascer e do pôr-do-sol, bem como dos ventos que predominam na cidade. Com base nos resultados, foi desenvolvido um design exclusivo em que a natureza, a água e a diversidade de plantas desempenham um papel fundamental para garantir uma experiência única aos visitantes.

Da mesma forma, os materiais utilizados na construção do centro comercial e na criação da sua atmosfera especial foram assegurados por fornecedores locais e incluíram a utilização da guadua (uma planta local da família do bambu) em muitos dos acabamentos.

O Jardín Plaza Cúcuta foi desenvolvido de forma a incorporar características sustentáveis com base em padrões internacionais que permitem minimizar os riscos para a saúde e para a segurança, bem como o impacto ambiental da construção e da operação do centro comercial. Como garantia do compromisso com estes padrões, a gestão da construção foi certificada pelo auditor Lloyd’s Quality Register Assurance (LRQA) de acordo com a norma internacional de gestão ambiental ISO14001 e a norma de saúde e segurança ISO45001.

SIBS lança plataforma inovadora na tecnologia financeira

Pernod Ricard Portugal associa-se ao Millennium Estoril Open