in

Retalhistas lideram a lista dos CEOs com melhor desempenho do mundo

Pelo segundo ano, o diretor executivo de um gigante do retalho de vestuário liderou o ranking anual dos 100 CEOs de melhor desempenho da Harvard Business Review. Pablo Isla, CEO da espanhola Inditex, mais conhecida pela sua marca Zara, é o número um da lista.

Este é um ranking de líderes diferente de outros, pois mede o desempenho durante toda a duração do mandato de um executivo. Pablo Isla administra a Inditex desde 2005.

O outro retalhista que conquistou o top 10 foi Bernard Arnault, CEO do conglomerado de luxo LVMH.

Para compilar a lista, a HBR analisou os CEOs da S&P Global 1200 em 30 de abril de 2018 e calculou o retorno geral dos acionistas e o aumento da capitalização de mercado durante todo o período. Também considerou as classificações de desempenho corporativo ambiental, social e de governança (ESG) fornecidas pelas empresas CSRHub e Sustainalytics.

Outros diretores executivos de grupos retalhistas que chegaram ao top 100 incluem Tadashi Yanao, da Fast Retailing, no 35.º lugar; Hubert Joly, da Best Buy, no número 45; Blake Nordstrom, da Nordstrom, que é 62.º; e Jeff Bezos, da Amazon, n 68.ª posição. 

As tecnologias da informação são a indústria mais representada, com 22 executivos na lista.

Marillyn Hewson, da Lockheed Martin, Debra Cafaro, da Ventas, e Nancy McKinstry, da Wolters Kluwer, são as únicas mulheres neste ranking, refletindo a baixa representação feminina entre os CEOs das empresas globais da S&P 1200. 34 CEOs na lista têm um diploma de engenharia e 32 têm um MBA.

Em média, os indivíduos tornaram-se CEO aos 44 anos e estão no cargo há 16. 20 dos CEOs lideram empresas sediadas fora dos seus países de origem. 

Publicidade

Grupo Os Mosqueteiros oferece 500 equipamentos de proteção aos bombeiros

Luís Simões e Bosch reforçam colaboração na Península Ibérica