in

Luís Simões e Bosch reforçam colaboração na Península Ibérica

A Luís Simões e o Grupo Bosch reforçaram a sua colaboração com o objetivo de alcançar uma maior cobertura na Península Ibérica.

A Luís Simões desenvolve serviços de logística integrada para a Bosch desde 2016, maioritariamente no Centro de Operações Logísticas de Gaia, e mudou a sua operação para Aveiro. Com a expansão da relação entre ambas as empresas, as instalações de Aveiro vão abastecer a fábrica da Bosch, desenvolvendo serviços “in-house”, e alimentar as linhas de produção com abastecimento de componentes cíclicos e consoante as necessidades das mesmas. Do mesmo modo, continuará a impulsionar as atividades de exportação, mercado nacional de “finish goods” e “spare parts”.

Com esta expansão, a Luís Simões criou 30 novos postos de trabalho na região de Aveiro, somados aos 10 colaboradores que já desenvolviam esta operação logística em Vila Nova de Gaia e que agora estão a laborar em Aveiro.

O armazém, com cerca de 16.440 metros quadrados, capacidade para 16 mil paletes, 14 mil slots/caixas (spares) e 42 portas de cais recebe uma grande variedade de produtos da marca, desde esquentadores, caldeiras, termoacumuladores, peças de substituição a componentes para abastecimento às linhas de produção, o que perfaz um total de 11.500 referências ativas.

Para Carlos Batalha, gestor do Centro de Operações de Aveiro, “trabalhar com uma marca premium como a Bosch é uma grande oportunidade para mostrar a qualidade e a competência que a nossa empresa aporta em todas as operações e que nos permite seguir em frente, diversificando e posicionando-nos nos mais distintos segmentos de mercado”. Para a Luís Simões, esta mudança representa uma oportunidade de ampliar a sua área de influência geográfica, reforçando a sua presença numa zona com forte componente industrial.

Publicidade

Retalhistas lideram a lista dos CEOs com melhor desempenho do mundo

Portugal Sou Eu vai estar no So Food So Good