Vale Dona Maria Vinhas do Sabor
in

Quinta Vale D. Maria lança gama Douro Superior

A Quinta Vale D. Maria estende o seu portfólio à sub-região do Douro Superior, através do lançamento de três novidades. Oriundos da Quinta Vale do Sabor, junto à Foz do Rio Sabor, estes três vinhos, um branco e dois tintos, refletem a autenticidade e personalidade do terroir do Douro Superior.

Reconhecida  pela qualidade dos seus vinhos, a marca Quinta Vale D. Maria alargou a sua gama de vinhos com três novas referências. Com origem no terroir do Douro Superior, onde se localiza a segunda propriedade da marca, a Quinta Vale do Sabor, estes vinhos apresentam uma identidade muito própria, uma característica inerente a todos os vinhos do portfólio.

Com idades compreendidas entre os 10 e 35 anos, as vinhas, que se encontram nas encostas do Vale do Rio Sabor e do Rio Douro, dão origem, entre outras, às castas Touriga Franca, Touriga Nacional e Tinta Roriz.

 

A gama Douro Superior

O Vale D. Maria Douro Superior 2018 seduz pela sua cor viva e brilhante, pelos seus aromas a fruta vermelha – framboesas, mirtilos e amoras – envoltos em notas de baunilha, conferidas por um estágio de seis meses em barricas de carvalho francês. Com uma textura aveludada, este vinho intenso marca pelo seu final longo e profundamente fresco.

O Vale D. Maria Vinhas do Sabor Branco 2019 é um blend harmonioso de três castas: Rabigato, Viosinho e Arinto. O Rabigato, uma das mais nobres castas do Douro, aporta frescura. O carácter floral, de grande equilíbrio, do Viosinho complementa-se com o Arinto, mais aromático e encorpado. Com nove meses de estágio em barricas de carvalho francês, este vinho envolve pela sua frescura e elegância.

Todas as uvas, das castas Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alicante Bouschet e Baga, que compõem o Vale D. Maria Vinhas do Sabor Tinto 2018, são colhidas à mão e cuidadosamente selecionadas. Nos lagares de granito, as uvas são pisadas e fermentam depois durante sete a 10 dias a temperaturas controladas de 22ºC a 27ºC. Com estágio de 21 meses em barricas de carvalho francês, o nariz deste vinho é exuberante, destacando-se notas de frutas silvestres, amoras e um toque floral. A concentração e frescura em boca anunciam um final fresco e longo.

O profundo respeito pela região do Douro e pelo legado de Cristiano van Zeller, fundador da marca Quinta Vale D. Maria, em prol de uma chancela de excelência, esteve na génese da aquisição da Quinta Vale D. Maria, no Cima Corgo, por parte da Aveleda, em 2017. “O respeito pelo terroir e pela sustentabilidade dizem-nos muito. Todos os projetos que temos vindo a desenvolver são pensados numa ótica de longo prazo”, salienta António Azevedo Guedes, CEO e descendente da quinta geração da família fundadora da Aveleda.

 

Gama Quinta do Vale do Sabor - Quinta Vale Dona Maria

Publicidade

H&M

H&M pretende fechar 250 lojas em 2021

Comércio a retalho

Comércio a retalho europeu eleva vendas em agosto