in

Preços de produtos sazonais acompanham subida da procura

Foto Shutterstock

Os preços dos produtos não alimentares associados ao verão e ao calor dispararam na última semana, com subidas que atingiram os 30%, revela o KuantoKusta numa análise realizada entre 6 e 12 de junho, aos mercados das piscinas, protetores solares, ventiladores e outros artigos sazonais.

Com a inflação a atingir os 8% em maio – o valor mais alto desde 1993 –, “a subida de preços generalizada continua a fazer-se sentir um pouco por toda a economia, mas com impacto mais significativo em áreas de consumo sazonais, cuja procura disparou com a subida das temperaturas e o aproximar do verão”, explica André Duarte, diretor comercial do KuantoKusta.

De acordo com a análise realizada, os preços dos ventiladores subiram (29,87%), ao passo que os dos ares condicionados se mantiveram constantes. Os protetores solares (11,69%), piscinas (18,30%) e after suns (31,81%) acompanharam o aumento de preços, no mesmo período.

 

Escalada da inflação 

Com a escalada contínua da inflação, estimamos que o preço destes produtos de procura sazonal continue a crescer a um ritmo entre os 15 e os 30%, durante as próximas semanas”, alerta André Duarte.

O mesmo responsável destaca ainda o crescimento da procura em todas estas áreas, durante a última semana, fruto da necessidade dos portugueses enfrentarem o calor e, em parte, responsável pela subida de preços registada: piscinas pré-fabricadas (375%), material de manutenção de piscinas (66,67%), ventiladores (500%), protetores solares (33,33%), after suns (18,18%).

O KuantoKusta afirma que os portugueses estão cada vez mais preocupados com o dinheiro que gastam e com aquilo que compram. Em períodos mais exigentes, é fundamental que os consumidores estejam atentos aos preços que estão a ser praticados e, sempre que possível, antecipem as suas compras, para evitar as subidas de preços repentinas, típicas de produtos sazonais. “É essencial ter cuidados redobrados com as práticas menos transparentes de subida de preços, que, muitas vezes, são camufladas com promoções. É muito importante que os consumidores comparem preços e produtos, especialmente durante este período de incerteza”, conclui.

Alteração mundial de impressoras a laser para a jato de tinta promete reduzir 1,3 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono por ano

H&M

H&M sobe em 17% as vendas do segundo trimestre fiscal