Pingo Doce
in , ,

Pingo Doce elimina palhinhas de plástico de todos os seus produtos de marca própria

O Pingo Doce eliminou as palhinhas de plástico da totalidade dos seus produtos de marca própria, permitindo uma poupança de 15 toneladas de plástico por ano. Os pacotes de leite, de bebidas vegetais, de sumos e de iced teas de marca Pingo Doce, num total de 13 referências, passam agora a incluir palhinhas de papel. São menos 34 milhões de palhinhas de plástico em circulação.

A eliminação das palhinhas de plástico faz parte da estratégia de responsabilidade social do Pingo Doce, nomeadamente no âmbito do projecto “Amar o Mar”, um programa que agrega todas as iniciativas da insígnia, em prol da preservação dos oceanos.

De acordo com Fernando Ventura, Head of Efficiency and Innovation Environmental Projects do Grupo Jerónimo Martins, “no Pingo Doce, em conjunto com os nossos fornecedores, estamos sempre atentos a oportunidades que permitam reduzir a nossa pegada de plástico e que contribuam para a preservação do meio marinho. Exemplo disso, são a eliminação dos microplásticos de todos os artigos produtos de higiene pessoal, cosmética e detergentes de marca própria do Pingo Doce; a substituição de bastões de plástico por bastões de papel dos nossos cotonetes; ou o lançamento da embalagem do ‘Detergente Concentrado Oceano Ultra Pro’, feita com 11% de resíduos marinhos, sendo os restantes 89% provenientes de plástico reciclado pós-consumo”.

 

Plástico

Em março de 2020, o Pingo Doce já tinha substituído as palhinhas de plástico por palhinhas de papel nos pacotes de leite de marca própria, um projecto concretizada pela Terra Alegre, a fábrica de lacticínios do Grupo Jerónimo Martins. No final de 2020, a mesma substituição foi realizada nos pacotes de sumos e iced teas e, este ano, ficou concluída a substituição nos pacotes de bebidas vegetais, deixando de haver em circulação embalagens de marca própria Pingo Doce com palhinhas de plástico.

A insígnia antecipou, assim, a Directiva da Comissão Europeia relativa à redução do impacto de determinados produtos de plástico no ambiente, que vai impor novas restrições a certos produtos de plástico de utilização única, incluindo a proibição de palhinhas de plástico, a partir de Julho.

De acordo com o relatório de progresso de 2020 do “New Plastic Economy Global Commitment” – iniciativa liderada pela Fundação Ellen MacArthur em colaboração com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – o Grupo Jerónimo Martins é um dos poucos retalhistas alimentares a nível mundial a divulgar publicamente a quantidade de plásticos de uso único da sua responsabilidade, assumindo uma postura de total transparência na divulgação da monitorização dos seus compromissos.

Mercadão

Mercadão lança loja solidária

Nutri-Score

DECO PROTESTE quer que o Governo adote o Nutri-Score