in

Passos para criar uma estratégia de branding para a sua marca

Branding é um conceito que, sem dúvida, deve ter o interesse de mais de uma marca. De acordo com os dados detalhados partilhados pela Lucidpress, o principal impacto negativo gerado pela inconsistência de uma marca é a confusão no mercado.

Por outro lado, também se refere que 77% dos comerciantes no sector B2B consideram o branding como um elemento crítico para o crescimento. Dada a importância do conceito, desta vez, partilhamos alguns passos para começar a desenvolver uma estratégia de branding com recurso a ferramentas para criar a sua marca.

 

Como criar uma estratégia de branding para a sua marca?

Passo 1: Definir o público-alvo ou pessoas

O ponto de partida para desenvolver uma boa estratégia de branding é definir o público-alvo ou desenvolver perfis de pessoas. Se é novo na indústria, pergunte-se quem são seus clientes ideais e como eles dependem do seu produto ou serviço.

Também encontre e analise os seus concorrentes diretos, analise os seus produtos ou serviços, os seus clientes ou utilizadores e como as pessoas interagem com essa marca a partir do espaço físico e digital.

Se o seu negócio foi estabelecido há algum tempo,  pode analisar os clientes existentes para cobrir esta primeira etapa.

Divida os seus clientes em segmentos, de acordo com seus padrões e motivações comuns, o que ajudará a entender quais são os mais rentáveis para o negócio, ou seja, quais devem ser atraídos.

 

Passo 2: Escreva a declaração de posicionamento da marca

O segundo ponto da estratégia de branding, a declaração de posicionamento, é aquela frase (ou frases) que reflete o que a marca oferece, o público-alvo e os benefícios da marca.

Para muitas empresas, defini-lo pode ser um grande desafio. No entanto, se realmente entender a marca e como quer que os outros a percebam, é mais fácil escrever esta declaração com a ajuda de brainstorming.

A declaração de posicionamento pode ser dividida em três partes: o público-alvo, o valor que a marca proporciona e o seu apoio. Considere que esta declaração pode mudar com o tempo, à medida que a empresa cresce.

 

Passo 3: Desenvolver a identidade da marca

Como consumidores, reconhecemos as marcas pelos seus logótipos ou mesmo pelas cores e mensagens que transmitem. Esses elementos denotam que essas marcas desenvolveram, com sucesso, as suas identidades de marca como parte da sua estratégia de branding.

Para conseguir o mesmo que estas empresas, recomenda-se, em primeiro lugar, que realize uma auditoria de marca para compreender a posição da empresa em relação ao mercado e à concorrência.

A informação deste exercício irá ajudá-lo a encontrar ideias sobre como proceder.

Mais tarde, dependendo dos resultados da marca, é necessário desenvolver os elementos criativos que a acompanharão, ou seja, o guia de estilo da marca ou o manual de identidade.

À medida que o reconhecimento da marca aumenta e mais pessoas se tornam conscientes da existência de uma marca, a identidade torna-se um elemento crucial.

Se atingir o público certo e impressioná-lo, sua marca certamente será lembrada.

Lembre-se que a identidade é a forma como as pessoas vão reconhecer a marca, por isso, é crucial criar uma identidade autêntica que reflita os valores da marca.

 

Passo 4: Identificar ou determinar associações

Para o quarto passo deste processo de criação de uma estratégia de branding é importante que entenda que cada marca está associada a algumas emoções ou significados.

Por exemplo, quando pensa na Apple, uma das primeiras palavras que vêm à mente é inovação.

Conforme desenvolve sua identidade de marca, pense nos significados e palavras associadas que quer conectar à sua marca.

Em seguida, pesquise e desenvolva as estratégias necessárias para criar essas parcerias dentro do público-alvo.

Estas estratégias lidam principalmente com as mensagens e conteúdos que serão partilhados, como vai comunicar com o público e as emoções que vai gerar após cada interação que as pessoas têm com a marca.

 

Passo 5: Manter a consistência da marca

Dentro da estratégia de branding, a consistência é um elemento que gera confiança. Imagine que uma pessoa muda constantemente de atitude ou estilo, isso seria muito raro e a mesma coisa acontece com as marcas. Pode confiar em algo assim, possivelmente não?

Se mudar constantemente, a marca torna-se imprevisível ao ponto das pessoas não confiarem em si ou na empresa, então a consistência é crucial.

Para manter esse conceito, depende diretamente do trabalho em equipa. Não importa quantos indivíduos estejam envolvidos nas atividades da empresa, cada um deve conhecer os valores da marca e como comunicá-los através dos vários canais onde tem ou terá uma presença.

É ideal que todos os colaboradores tenham acesso ao guia de estilo da marca e aprendam a utilizar os materiais da marca, enquanto criam qualquer tipo de conteúdo. Essa consistência envolve tom e voz, fontes, cores, elementos de design, mensagens, posicionamento e proposta de valor.

Estes são apenas 5 passos para começar a criar a sua marca. Acredite que todo este trabalho irá dar resultado.

Grupo Nabeiro apresenta novidades para novos consumidores e momentos de consumo

Espanha já é o segundo mercado internacional do AliExpress