in ,

Pão de cerveja é o mais recente protagonista da nova padaria do chef Vítor Sobral

A Padaria da Esquina, projeto do chef Vítor Sobral e do mestre padeiro Mário Rolando, estende o seu terceiro tentáculo à capital e abre portas em mais uma zona nobre de Lisboa, o Restelo, com loja e esplanada.

Este terceiro espaço, que se vem juntar à Padaria da Esquina de Campo de Ourique (desde julho de 2018) e à do Mercado de Alvalade (desde janeiro de 2019), terá no pão de cerveja uma das suas principais novidades.

A aposta neste produto, pioneiro em Portugal, parte da constatação das muitas semelhanças entre o pão e a cerveja em matéria de processo e de matérias-primas. “Se formos ver, os ingredientes da cerveja e do pão são os mesmos: cereal, água e levedura”, explica o mestre padeiro Mário Rolando. “Só acresce o sal, no caso do pão, e o lúpulo, no caso da cerveja. De resto, a cerveja é quase uma espuma – ar dentro de um líquido -, e o pão é uma esponja – ar dentro de um sólido”, continua.

No caso do pão de cerveja da Padaria da Esquina, trata-se de um pão de fermentação longa, feito com o mosto da cerveja (e não com o produto final), o que o torna mais rico em termos de aromas e sabores. “Para mim, tão importante como fazer o primeiro pão de cerveja em Portugal, é a qualidade do produto que vou apresentar”, afirma o chef Vítor Sobral. Esta parceria com a cerveja Bohemia veio dar de beber à máquina de brassagem que havia sido adquirida pela Oficina da Esquina, onde todo o pão e os bolos são fabricados.

A cerveja Bohemia será uma das bebidas que se poderá tomar na nova Padaria da Esquina do Restelo, mas não só. Com os bolos tradicionais portugueses – o bolo de arroz, o croissant do Porto, a bola de Berlim ou o pastel de nata – ou os pães de fermentação lenta, feitos com recurso à massa-mãe, poder-se-á também tomar um café, a partir de um “blend” especial da Delta criado pelo chef Vítor Sobral.

Além destas bebidas, poder-se-á também acompanhar as tostas ou sandes quentes com Moscatel de Setúbal, um copo de Verdelho, um de Vinho do Porto Graham’s 10 anos, com o vinho Splendidus, do chef Vítor Sobral.

Publicidade

Publicidade

SAP nomeia Inês Cordeiro como diretora de Negócio para as PME

Riberalves completa gama de Bacalhau Pronto a Cozinhar