in ,

Oficializado o “divórcio” da Dr. Oetker

Foto Shutterstock

O Grupo Oetker, fundado em 1891, oficializou a sua divisão em duas partes.

Os cinco filhos dos dois primeiros casamentos de Rudolf-August Oetker, que detinham 62,5% do grupo, ficaram com o negócio das pizzas congeladas, misturas para panificação, bolos e sobremesas, e a cervejeira Radeberger, a maior da Alemanha, assim como a cervejeira espanhola Damm, e alguns hotéis.

Já os três filhos nascidos do terceiro casamento, Alfred, Carl Ferdinand e Julia Johanna Oetker, detentores dos restantes 37,5%, ficaram com parte do negócio hoteleiro, a coleção de arte August Oetker, a química Budenheim e o grupo de espumantes Henkell Freixenet.

Este último grupo de acionistas não será autorizado a usar a marca Dr. Oetker, ao contrário dos primeiros, por isso, a denominação do novo grupo será Geschwister Oetker.

Publicidade

Mercadona

LactAçores produz queijo flamengo da marca própria da Mercadona

DPD

DPD prepara-se para 2,8 milhões de encomendas na “peak season”