Grupo Oetker vendas
Foto Shutterstock
in

Oetker Group regista um crescimento das vendas de 6,3 % em 2023

O Grupo Oetker registou um aumento de 6,3% nas vendas, ultrapassando os 6,9 mil milhões de euros no ano fiscal de 2023, marcado por perturbações no mercado.

O Grupo Oetker testemunhou um crescimento em todas as divisões de negócios durante o ano, com os seus segmentos de alimentos, cerveja e bebidas não alcoólicas a ser responsáveis pela maior contribuição para o crescimento das vendas.

Na Alemanha, as vendas da empresa aumentaram 7,1% para 3,9 mil milhões de euros, enquanto a percentagem de vendas geradas fora da Alemanha permaneceu quase inalterada em comparação com o ano anterior, com 43,5%.

A empresa previu um aumento moderado das vendas para o seu exercício de 2024 e espera que os estrangulamentos nas cadeias de entrega e de abastecimento diminuam.

A empresa também planeia aumentar o seu orçamento de investimento para o ano, uma vez que procura impulsionar a inovação e a expansão das competências digitais e das iniciativas de sustentabilidade.

 

Desempenho por divisão

A divisão alimentar, que inclui a Dr. Oetker Food e a Conditorei Coppenrath & Wiese, registou um aumento de 4,6% nas vendas para 4,1 mil milhões de euros.

A Conditorei Coppenrath & Wiese registou um crescimento de vendas de 5,8%, impulsionado principalmente por aumentos de preços, enquanto a Dr. Oetker registou um aumento de 4,4%.

Na categoria das pizzas, as vendas aumentaram significativamente em comparação com o ano anterior, uma vez que a empresa introduziu as mini-pizzas “My Pizza Slice” nos países escandinavos e implementou atividades promocionais específicas.

O segmento das cervejas e bebidas não alcoólicas – Grupo Radeberger – registou um crescimento das vendas de acordo com as expectativas de 8,3%, ultrapassando os 2 mil milhões de euros.

Os investimentos do Grupo Radeberger durante o ano ascenderam a 71 milhões de euros, ou seja, 9,9% mais do que o valor do ano anterior de 65 milhões de euros.

A divisão “outros interesses” registou um aumento de 9,8% nas vendas para 754 milhões de euros, impulsionado pelo desempenho do supermercado online flaschenpost, do fornecedor de serviços de TI OEDIV e do Hôtel du Cap-Eden-Roc em Antibes.

Siga-nos no:

Google News logo

Insolvências

64% das empresas do Reino Unido esperam uma deterioração do risco de insolvência

Electrão

Electrão e Câmara da Amadora vão recolher grandes eletrodomésticos porta a porta