in

O que importa para o consumidor de hoje

Foto Shutterstock

72% dos compradores espera ter interações significativas com as lojas físicas, à medida que a pandemia aligeire, acima dos 60% registados antes da crise sanitária, revela um relatório do Capgemini Research Institute.

O estudo indica que 68% dos consumidores da Geração Z e 58% dos Millennials compraram produtos diretamente das marcas, nos últimos seis meses. Em contrapartida, apenas 37% da Geração X e 21% dos Baby Boomers encomendaram diretamente a uma marca, no período analisado.

Entre aqueles que compraram diretamente a marcas, quase dois terços (60%) cita uma melhor experiência de compra, como uma das razões para o fazer, e 59% o acesso a programas de fidelização.

Importância dos dados

Em troca destes benefícios, quase metade (45%) dos inquiridos diz estar disposto a partilhar dados sobre como consome ou usa produtos e 39% afirma querer partilhar dados pessoais, como informação demográfica ou preferências.

No entanto, 54% de todos os compradores confessa que as ofertas ou descontos os tornaria mais propensos a partilhar os seus dados diretamente com as marcas. “Ter dados permite que os produtos de consumo e as empresas de retalho traduzam as tendências da oferta e da procura em decisões inteligentes sobre a melhor forma de armazenar os seus produtos, personalizar produtos e serviços e melhorar a experiência do cliente”, afirma Tim Bridges, Global Head of Consumer Goods and Retail da Capgemini.

Entregas

O estudo também revela que há certos segmentos de consumidores que se preocupam mais com pequenos detalhes, no que se refere às entregas. 42% dos compradores de produtos alimentares e 43% dos de saúde e beleza dão mais importância aos serviços de entrega e satisfação do que à experiência na loja, por exemplo.

O estudo destaca ainda que a conveniência da entrega é um fator importante que pode levar os compradores a experimentar modelos de compra novos e emergentes. Assim, 47% dos consumidores globais que adquiriram produtos através de serviços de subscrição fazem-no para a conveniência da entrega ao domicílio.

Após a pandemia, 22% dos compradores em todo o mundo espera ter um alto nível de interação com as opções “click & collect”, indicando um desejo persistente de interagir com lojas físicas. No entanto, os compradores estão menos dispostos a pagar um valor adicional pela entrega rápida. Concretamente, 3,3% do custo total é o valor médio que estariam dispostos a pagar por uma entrega em duas horas, contra 4,6% em 2019.

Para 60% dos consumidores, a sustentabilidade é um fator-chave que influencia as decisões de compra e 61% espera que as grandes multinacionais contribuam para a sociedade, especialmente em períodos de crise como o atual.

Publicidade

Juice Plus+

Juice Plus+ expande negócio para Portugal

Ana Martines, diretora de Comunicação & Engagement do cluster L’Oréal Portugal e L’Oréal Espanha

Ana Clara Martines assume direção de Comunicação & Engagement da L’Oréal em Portugal e Espanha