cartões SIM
in

NOS produz cartões SIM em plástico 100% reciclado

Todos os anos, circulam milhões de cartões SIM em Portugal, resultando numa produção que gera volumes significativos de CO2 e plástico. Com o objetivo de inverter este ciclo, a NOS lança os primeiros cartões SIM do mercado, produzidos em plástico 100% reciclado.

Segundo o operador, este movimento materializa o seu compromisso com a redução da pegada carbónica e com a promoção da utilização circular de recursos.

Os novos cartões são desenvolvidos pela NOS em parceria com a IDEMIA, empresa líder global em identidade A+aumentada, e são produzidos a partir da reciclagem de plástico proveniente de resíduos pós-industriais de embalagens e material de impressão, garantindo exatamente as mesmas valências de conectividade. “Este é mais um passo pioneiro no sector das telecomunicações em Portugal e representa uma profunda transformação na nossa cadeia de valor. A NOS está comprometida em adotar processos ambientalmente mais responsáveis e em entregar uma oferta mais sustentável, um objetivo que contamos alcançar também com o contributo de parceiros como a IDEMIA, que nos apoiam na implementação de soluções tão inovadoras quanto a que agora lançamos”, sublinha Luís Nascimento, administrador executivo da NOS.

 

Cartões SIM

A introdução de cartões SIM provenientes de materiais reciclados começará pela marca WTF, que impacta um “target” jovem. Os cartões antigos serão escoados durante os próximos meses, de forma a evitar desperdício. Este novo processo vai permitir evitar a produção de cerca de uma tonelada de plástico virgem por ano. No fim do seu ciclo de vida, o plástico usado para fazer os cartões pode ser reciclado e utilizado novamente.

A NOS ambiciona alargar este método a todos os novos cartões SIM, uma operação que representará uma diminuição de 15 toneladas de produção de plástico em três anos.

Recorde-se que, em 2020, a NOS foi a primeira operadora a apostar na desmaterialização dos cartões SIM, lançando o primeiro serviço eSIM do mercado português, na altura, contando também com a IDEMIA como parceiro tecnológico.

Cosmética

Indústria de cosmética vai desenvolver novo sistema de avaliação de impacto ambiental

DHL Express

DHL Express alcança 1.º lugar no ranking do Great Place to Work