in

NOS e MEO lideram estratégias de soft sponsoring na TV portuguesa

Operadoras tiveram retorno de mais de 56 milhões de euros

Foto Shutterstock

As operadoras de telecomunicações NOS e MEO foram as marcas que mais apostaram em estratégias de “soft sponsoring” no mercado televisivo português nos primeiros dois meses de 2021.

A conclusão resulta da análise feita pela empresa Mediamonitor, do Grupo Marktest, que identificou retornos, a preços de tabela, de 28,3 milhões de euros para a NOS e de 28,1 milhões de euros para a MEO na inserção das respetivas marcas durante a emissão de programas televisivos de entretenimento e ficção.

De acordo com os indicadores trabalhados pela Mediamonitor, no arranque deste ano, a NOS e a MEO destacaram-se de forma clara de todos os restantes anunciantes na aposta em “soft sponsoring”: os mais de 56 milhões de euros de retorno para ambas as empresas, a preços de tabela, quase duplicam o montante das oito marcas que completam o top 10 deste ranking no acumulado dos primeiros dois meses de 2021.

 

Top 10

Nesse top 10 de janeiro e fevereiro, encontram-se ainda a marca vestuário Fred Perry (5,7 milhões de euros de retorno, a preços de tabela), a empresa de produtos eletrónicos LG Eletronics (5,2 milhões de euros), a fabricante de automóveis Mercedes Benz (4,55 milhões de euros), a empresa de instrumentos musicais Egitana (4,5 milhões de euros), a insígnia de distribuição Continente (3,9 milhões de euros), o stand de automóveis Benecar (3,7 milhões de euros) e as marcas de eletrodomésticos Haeger (2,6 milhões de euros) e Orima (2,3 milhões euros).

A análise detalhada aos dados de “soft sponsoring” em cada um dos primeiros meses de 2021 permite também verificar que a NOS e a MEO adotaram estratégias bastante similares neste período: a NOS teve um retorno, a preços de tabela, 12,8 milhões de euros em janeiro e 15,5 milhões de euros em fevereiro, enquanto a MEO alcançou os 12,7 milhões de euros em janeiro e 15,4 milhões de euros em fevereiro.

Em sentido contrário, a Benecar, por exemplo, teve um retorno de 3,3 milhões de euros, a preços de tabela, em janeiro, ocupando nesse mês o quinto lugar do ranking de “soft sponsoring” em programas de TV, e em fevereiro não constou sequer no top 30. Já as marcas automóveis Volvo e Jeep não constaram do top 30 de janeiro, mas em fevereiro ocuparam, respetivamente, o quinto e o sétimo lugares do ranking, com retornos de 1,7 milhões de euros e de 1,4 milhões de euros, respetivamente, a preços de tabela.

Publicidade

Quanto Delicado

Quanto Delicado é o novo amaciador de roupa para peles sensíveis

Espaço Guimarães_Tela publicitária ecológica

Espaço Guimarães purifica o ar de Guimarães através de tela publicitária