in ,

Nestlé inaugura Institute of Packaging Sciences

A Nestlé inaugurou oficialmente o Institute of Packaging Sciences, o primeiro do género na indústria alimentar.

O novo instituto permite que a Nestlé acelere os seus esforços para trazer ao mercado soluções funcionais, seguras e ecologicamente corretas para enfrentar o desafio global dos resíduos de embalagens plásticas. “A nossa visão é a de um mundo em que nenhuma das nossas embalagens acaba em aterros ou como lixo. Para isso, apresentamos soluções de embalagens reutilizáveis e materiais de embalagem pioneiros e ecológicos. Além disso, apoiamos o desenvolvimento de infraestruturas locais de reciclagem e sistemas de depósito para ajudar a moldar um mundo sem resíduos. O Institute of Packaging Sciences da Nestlé permite-nos criar um forte ‘pipeline’ de soluções de embalagem sustentáveis para os produtos da Nestlé de forma transversal a todos os negócios e em todos os países onde estamos presentes”, afirma Mark Schneider, CEO da Nestlé.

O Institute of Packaging Sciences da Nestlé concentra várias áreas de ciência e tecnologia, como embalagens recarregáveis ou reutilizáveis, materiais de embalagem simplificados, materiais de embalagem reciclados, papéis de barreira de alto desempenho, bem como materiais de base biológica, compostável e biodegradável. “Reduzir o desperdício de plástico e mitigar os efeitos das alterações climáticas por meio de tecnologia de ponta e design de produtos são uma prioridade para nós. Os especialistas da Nestlé estão a co-desenvolver e a testar os novos materiais e sistemas de embalagem ecológicos, juntamente com os nossos centros de desenvolvimento, os nossos fornecedores e outras instituições de pesquisa e startups. Localizado nas nossas instalações do Nestlé Research, em Lausanne, na Suíça, o instituto aproveita também as nossas capacidades de pesquisa já existentes em matéria de segurança alimentar, análises e ciência de alimentos”, explica Stefan Palzer, Chief Tecnology Officer da Nestlé.

Na inauguração deste centro, Sander Defruyt, líder da nova economia de plásticos da Fundação Ellen MacArthur, acrescentou que “a Nestlé foi uma das primeiras empresas a assinar o compromisso global da nova economia de plásticos, estabelecendo metas concretas para eliminar o desperdício de plástico e a poluição na fonte. É ótimo ver a maior empresa de alimentos e bebidas do mundo a aumentar o seu foco de pesquisa e a sua capacidade de cumprir essas ambições”.

A Nestlé está já a progredir em direção aos seus compromissos de ter 100% de embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025 e lançou novas soluções de embalagem. Por exemplo, especialistas e fornecedores de embalagens da Nestlé desenvolveram produtos em embalagens de papel reciclável, como o achocolatado Nesquik All Natural e os snacks YES!, em menos de 12 meses.

Santini abre nas Amoreiras com Sabores das Vindimas

LG apresenta primeiras OLED TV com suporte para NVIDIA G-SYNC