in

Mundo das tecnologias de informação vai mudar em 2018

As previsões para 2018 da Toshiba vão levar as empresas a repensar a sua forma de atuar e de investir em tecnologia segura.  A Toshiba Europa olha para 2018 como um ano de crescimento na adoção tecnológica, por parte das organizações, para enfrentar os diversos desafios que têm pela frente, como o GDPR, a cibersegurança e as novas formas transacionais de informação e financeira.

Os CIOs irão ganhar um papel de maior preponderância ao nível do aconselhamento estratégico e do arranque e implementação de investimentos tecnológicos que permitam às organizações manterem-se competitivas e conformes com as regulamentações legais que têm de respeitar. Neste sentido, a Toshiba prevê que, em 2018, os principais investimentos em tecnologia estejam focados em GDPR, uma vez 25 de maio será a data final para que todas as organizações cumpram todas as regras de compliance acerca da norma. 

As organizações europeias terão de saber como gerir os seus dados, de forma segura e transparente, dado que o risco de penalidades por incumprimento ou de ações legais para quem não esteja preparado ou que não cumpra as regras é considerável. Contudo, a Gartner prevê que 50% das empresas não consigam cumprir com esta regulamentação até ao final do ano de 2018.

Por outro lado, a exposição das organizações a potenciais ataques cibercriminosos continua a crescer. Só em ataques de ransomware, prevê-se um crescimento superior a 15 vezes ao que foi registado em 2015, alcançando valores de mais de cinco mil milhões de dólares a nível global, segundo a Cyber Security Ventures.

Em paralelo, a Europa está a passar por um processo de alteração de modelos de trabalho, onde o trabalho móvel e o teletrabalho ganham cada vez mais peso, aumentando também novos desafios de segurança para as organizações.

João Dessa, Toshiba B2B Sales Manager para Portugal, afirma que “estes desafios de cibercriminalidade, mobilidade e regulamentação irão levar-nos a ver um aumento na adoção de determinadas tecnologias seguras,  que incluem a criptografia quântica, edge computing e infraestruturas de ambientes de trabalho virtuais baseados na cloud.  2018 será sem sombra de dúvida o ano da adoção de uma nova visão tecnológica, que assegure e proteja os dados enquanto promove uma maior flexibilidade e rapidez de resposta”, conclui o responsável da Toshiba.

Publicidade

Continente prolonga o Natal e oferece prémios

Autoridade da Concorrência dá prioridade à economia digital em 2018