in

Marcas preparam-se para a Black Friday mais longa de sempre

Até ao final do ano, é esperado que 28% dos consumidores façam todas as suas compras online

Foto Shutterstock

Novembro chegou e com ele um dos maiores eventos de compras do ano: a Black Friday. No próximo dia 27, as empresas vão novamente lançar ofertas para impulsionar as vendas de final de ano.

No entanto, a pandemia provocou grandes alterações nos hábitos de consumo, e o “terreno de jogo” transferiu-se quase totalmente para a Internet. Este ano não vamos ver as imagens de centenas de pessoas à espera na entrada das lojas, indica a Selligent. O consumidor que ter acesso a este tipo de oportunidades, mas, agora, na intimidade do seu lar. De acordo com os dados publicados pela Selligent no seu e-book Your Digital Marketing Checklist for Black Friday and Cyber Monday 2020, 62% dos consumidores reconhecem estar tão preocupados com a pandemia, que nem as mais rigorosas medidas de segurança poderiam convencê-los a aparecer fisicamente nas lojas nesta Black Friday.

 

Adaptação à mudança

Mais do que nunca, os consumidores estão recetivos a ofertas e descontos e querem poder aceder, em casa, às mesmas promoções que existem nas lojas. Segundo a Selligent, chegou-se ao ponto em que 28% dos consumidores planeiam fazer todas as suas compras pela Internet, enquanto 71% fará, pelo menos, metade das suas compras online.

Perante esta situação, os canais digitais são a chave para captar e manter a atenção dos consumidores. “É importante que as empresas impulsionem os seus canais online para que se mantenham atualizados e acessíveis, uma vez que, na Europa Ocidental, é esperado um aumento de até 16,2% nas vendas online, superando em 4,2% as vendas registadas durante o mesmo período do ano passado (12%)”, detalha a Selligent.

Também é importante prestar atenção às formas de compra digital que os consumidores acolhem melhor. 37% está agora mais interessado em comprar através da app, contra 32% que opta pela opção click & collect; por outro lado, 22% prefere comprar através das redes sociais.

Adicionalmente, a distribuição e recolha de pedidos é a tendência do momento, já que 90% dos consumidores utilizam estes serviços, juntamente com a recolha em locais específicos, que já se situa nos 60% a nível global.

 

Marketing digital

A Selligent adverte que as empresas devem aprender a comunicar com os seus clientes através dos canais digitais para, assim, alcançarem o objetivo de aumentar as vendas. Neste sentido, as diferentes tendências de marketing digital desempenham um papel crucial.

Elaborar uma campanha de e-mail marketing pode ser um bom começo para atrair a atenção dos utilizadores. Criar listas com consumidores recetivos, associar a imagem da marca aos e-mails enviados ou fazer um seguimento exaustivo para não saturar quem não quer receber comunicações são algumas das estratégias a seguir no momento de preparar uma campanha de sucesso.

Utilizar o marketing automation para criar campanhas de e-mail marketing pode também ajudar a agilizar os processos, ainda que seja necessário ter em conta a frequência e a quantidade de e-mails enviados. Segundo dados do Selligent Global Connected Consumer Index, 36% dos consumidores deixaram de subscrever e-mails corporativos nos últimos meses, 55% deles por receber demasiados e-mails.

É importante criar campanhas personalizadas, tendo em conta tanto os clientes como a época do ano em que as empresas promovem os seus descontos. Por exemplo, para a Black Friday pode criar-se uma contagem decrescente através da qual o consumidor sabe quanto tempo falta, o que vai criar nele uma sensação de expectativa e, até, de necessidade.

 

Importância de um bom website

O website das empresas tem de estar preparado e deve ser testado antes da Black Friday e da Cyber Monday para garantir que é realmente capaz de suportar o aumento do tráfego. Personalizar as ofertas e recomendar produtos específicos a cada utilizador também aumentará o “engagement” e, consequentemente, a reputação da marca.

Esta Black Friday vai ser muito diferente, mas continua a ser o maior evento do ano. As empresas enfrentam o desafio de conseguir chegar aos seus consumidores através dos canais digitais e que estas comunicações não se fiquem pela tentativa. O marketing digital abre uma nova porta que se adapta à nova normalidade”, conclui a Selligent.

Publicidade

3.ª edição do Manual da Distribuição

A LPR Portugal, uma divisão do Euro Pool System Group, criou de um centro de serviços nas instalações do Grupo Sonae, na Azambuja, infraestrutura que iniciou atividade no começo de novembro e cuja criação visou a otimização dos volumes crescentes de paletes e, ao mesmo tempo, os  fluxos logísticos por parte do fornecedor de serviços de pooling.

LPR reforça aposta na sustentabilidade