in

Lucros da Whirlpool crescem acima das expectativas

Os lucros da Whirlpool ficaram acima das expectativas no terceiro trimestre, com a fabricante de eletrodomésticos a beneficiar do plano de redução de custos, das aquisições e do mix de preço favorável, que esbateu os efeitos negativos da quebra da procura na América Latina e das taxas de câmbio.

Os lucros líquidos foram de 235 milhões de dólares, acima dos 230 milhões de dólares reportados há um ano. Os lucros por ação cresceram de 3,04 dólares para 3,45 dólares, ultrapassando as estimativas dos analistas, que os situavam nos 3,29 dólares.

Já as vendas aumentaram 9%, para os 5,3 mil milhões de dólares, ficando ligeiramente abaixo das expectativas que apontavam para receitas na ordem dos 5,41 mil milhões de dólares.

Apesar dos bons resultados, as ações da Whirlpool caíram na passada sexta-feira, devido aos receios dos investidores com as descidas dos preços protagonizadas pelos concorrentes e com os efeitos da valorização dólar nas receitas provenientes dos mercados externos. Marc Bitzer, presidente e CEO da Whirlpool, reconheceu que produto de baixo preço está a inundar e a provocar uma erosão dos mercados.

Além disso, Jeff Fettig, diretor executivo da fabricante norte-americana, disse aos analistas que a rápida depreciação da moeda no Brasil, Canadá, Rússia e União Europeia irá reduzir as vendas de 2015 em 2,5 mil milhões de dólares e que a queda da procura no Brasil, China, Rússia e Ucrânia terá um impacto de 900 milhões de dólares.

Publicidade

Macy’s abre primeira loja fora dos EUA

Ferrero faz o seu maior investimento na Índia