in

L’Oréal reforça o seu desenvolvimento sustentável

A L’Oréal alcançou progressos significativos no relatório de 2018 do seu programa de sustentabilidade Sharing Beauty with All, em particular nos compromissos para combater as alterações climáticas.

Em 2018, a L’Oréal conseguiu reduzir as emissões de carbono das suas fábricas e centros de distribuição em 77%, em termos absolutos, em comparação com o ano de 2005, apesar do aumento do volume de produção de 38% durante o mesmo período.

Este desempenho demonstra a capacidade do grupo de alcançar o crescimento económico mas reduzindo o impacto ambiental. Para além deste resultado, até ao final do ano, 38 dos locais de produção da L’Oréal alcançaram a neutralidade de carbono.

Mais uma vez, estes resultados foram reconhecidos pelo CDP. Pelo terceiro ano consecutivo, a L’Oréal foi uma de duas empresas no mundo, entre as mais de três mil  avaliadas, a receber três “As” (a pontuação mais elevada) nos ratings do CDP em três grandes áreas: combater as alterações climáticas, gerir a escassez de água e reduzir a desflorestação. A L’Oréal é a única empresa do mundo a receber esta tripla distinção do CDP três anos consecutivos. “As mudanças climáticas são uma grande preocupação para o mundo e as suas consequências exigem uma resposta urgente. O Grupo L’Oréal quer desempenhar um papel de liderança na condução dos esforços para responder a este desafio“, afirma Alexandra Palt, diretora de responsabilidade corporativa da L’Oréal. “As empresas precisam de se envolver e devemos ser avaliados pelo mérito das nossas ações e resultados”.

Publicidade

Publicidade

Jerónimo Martins reduz lucro em 14,5% no 1.º trimestre

Amazon e Casino reforçam parceria