in

LG pretende usar mais de meio milhão de toneladas de plástico reciclado até 2030

Uso de plásticos feitos de materiais reciclados pós-consumo deve aumentar dez vezes até 2025

A LG Electronics (LG) acaba de anunciar o seu objetivo de usar quase 600 mil toneladas de plástico reciclado, até 2030, num esforço conjunto para reduzir as emissões de gases de efeito estufa na cadeia de valor.

Esta meta faz parte da iniciativa mais ampla da LG para criar um ecossistema de devolução de lixo eletrónico e aumentar o uso de materiais reciclados pós-consumo (PCR) nos seus produtos eletrónicos de consumo e eletrodomésticos.

 

Metas

Em 2020, a LG utilizou aproximadamente 20 mil toneladas de plástico reciclado nos seus produtos e pretende aumentar este valor em mais de dez vezes, até 2025. Enquanto o plástico reciclado é usado atualmente em TVs, monitores, colunas, máquinas de lavar, frigoríficos e ares condicionados, a LG pretende passar a usar este material também no exterior de seus produtos.

Além de utilizar cada vez mais plástico reciclado, a LG está também a reduzir o uso de plástico virgem em todas as suas operações. Este ano, 18 modelos de TVs OLED serão produzidos com menos plástico virgem, o que representa um aumento de 14 modelos permitindo uma redução de até 10 mil toneladas de plástico.

A LG também aumentou a meta de recolha de lixo eletrónico das 4,5 milhões de toneladas, em 2006, para mais de oito milhões de toneladas, até 2030, tendo atingido os 3,07 milhões de toneladas recolhidas, até ao final de 2020.

Além disso, a LG está a implementar iniciativas para a recuperação e reciclagem de lixo eletrónico em 52 países. Na Coreia do Sul, o LG Chilseo Recycling Center, inaugurado em 2001, recolhe o lixo eletrónico, mas também fabrica novos componentes de plástico reciclado e envia as peças para a fábrica de eletrodomésticos da LG existente nas proximidades, para que esta as use em novos produtos, como frigoríficos.

 

Redução das emissões

A LG está a concentrar os seus esforços na redução das emissões de gases de efeito estufa ao longo de todo o ciclo de vida do produto, desde a produção e transporte até ao seu uso e desmantelamento. Como parte fundamental dos seus objetivos de gestão sustentável, uma das empresas pertencentes à LG firmou, durante o mês de junho, um acordo com o Ministério do Meio Ambiente da Coreia e grupos informais locais para implementar uma gestão livre de plástico no seu principal campus de Investigação & Desenvolvimento, o LG Sciencepark.

Publicidade

H&M

Faturação da H&M cresce 9% no 3.º trimestre

Zalando

Zalando multiplica crescimento de produtos em segunda mão