in

LG compromete-se com carbono neutro em 2030

A LG Electronics acaba de lançar a sua iniciativa Carbono Zero 2030, comprometendo-se a atingir zero emissões de carbono nas suas operações globais dentro de 12 anos.

Em linha com a sua estratégia de sustentabilidade, a LG vai procurar reduzir as emissões de carbono das suas operações globais em 50%, comparativamente às emissões registadas em 2017. Este esforço vai ajudar a atingir o objetivo final de neutralidade de carbono, alcançando uma pegada de zero de emissões de carbono, ao equilibrar as emissões com a remoção de carbono.

Através de um variado conjunto de iniciativas estratégicas, a empresa irá reduzir as emissões de carbono nas suas unidades globais de produção das quase dois milhões de toneladas registadas em 2017 para 960 mil toneladas até o final de 2030.

A LG expandirá ainda as instalações de energia renovável, usando produtos de energia solar, e utilizará ativamente as suas próprias soluções de tecnologia business-to-business, como máquinas frigoríficas (chillers) de alta eficiência e Sistemas de Gestão de Energia (EMS), para reduzir as emissões de carbono.

Além disso, através da expansão dos seus projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), a LG pretende garantir créditos de Redução Certificada de Emissão (CER). Estas iniciativas de MDL voltadas para o futuro promovem o desenvolvimento limpo em países emergentes, ao mesmo tempo que permitem que empresas com compromissos de redução de carbono implementem projetos de diminuição de emissões em países em desenvolvimento, usando o seu próprio capital e tecnologias. Tais projetos são críticos para obter créditos de RCEs, que são emitidos pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCC) após um processo de avaliação minucioso.

Ao tornar-se no primeiro fabricante de eletrónica de consumo do mundo a adquirir créditos de CER, em 2015, a LG tornou-se pioneira na promoção da utilização de equipamentos altamente eficientes. No final de 2018, tinha assegurado um total de 340 mil toneladas de CER através das suas iniciativas de MDL. “O nosso compromisso em combater a mudança climática global é inabalável. O caminho progressivo que a LG tem feito na redução das emissões de carbono nos seus locais de trabalho em todo o mundo, com muito mais projetos de MDL em andamento na ONU, exemplifica o nosso forte comprometimento com a liderança em sustentabilidade ambiental”, afirma Lee Young-jae, vice-presidente de segurança ambiental da LG Electronics.

Luís Simões apresenta o Relatório Anual de Sustentabilidade 2018

ANPOC aposta na produção nacional e lança marca Cereais do Alentejo