in

Jerónimo Martins alinha objetivos de descarbonização com a ciência

Science Based Targets initiative valida compromissos do Grupo

Jerónimo Martins

O Grupo Jerónimo Martins vê reconhecidas e validadas pela comunidade científica as suas metas de curto e de longo prazos para atingir a neutralidade carbónica em 2050.

Esta validação abrange as operações do Grupo e a cadeia de valor, incluindo as emissões provenientes de florestas, solos e agricultura associadas aos produtos que produz e comercializa.

Fernando Ventura, diretor de Ambiente do Grupo, considera que “esta validação científica é o reconhecimento da ambição, da solidez e da exigência dos compromissos a que o Grupo voluntariamente se obrigou e reforça a nossa estratégia de descarbonização, que se traduz no plano de transição climática que temos em execução”.

Todas as metas de redução – as de curto e também as de longo prazo – foram estabelecidas tomando as emissões totais no ano de 2021 como base de comparação.

Os compromissos de redução, em termos absolutos (considerando a quantidade total de emissões geradas), no curto-prazo – assumidos para o período entre 2025 e 2033 – incluem, entre outras metas:

  • a não desflorestação em todas as commodities primárias associadas à desflorestação (por exemplo, soja, óleo de palma, carne bovina e madeira/papel);
  • a redução em 55% das emissões de gases com efeito de estufa geradas pelas operações (âmbitos 1 e 2);
  • a redução em 33% das emissões de gases com efeito de estufa com origem na cadeia de valor (âmbito 3);
  • a redução em 39% das emissões de âmbitos 1 e 3 decorrentes das atividades de gestão de florestas, solos e agricultura (FLAG).

Também em termos absolutos, os compromissos de redução no longo-prazo – definidos para o período compreendido entre 2045 e 2050 – incluem, entre outras metas:

  • a redução em 90% das emissões de âmbitos 1 e 2 das operações próprias;
  • a redução em 90% das emissões de âmbito 3;
  • a redução em 72% das emissões de âmbito 1 e 3 provenientes de atividades FLAG.

No âmbito da sua estratégia para a descarbonização, o Grupo está focado na redução das emissões diretas e indiretas e neutralizará, até 2050, todas as emissões que, de acordo com os critérios da SBTi, forem residuais.

Siga-nos no:

Google News logo

Casa de Santar Reserva Rosé

Casa de Santar apresenta novo rosé

100 Montaditos menu delivery

100 Montaditos renova menu e aposta no delivery