in

IKEA estende prazo da campanha Buy Back Friday

IKEA

A IKEA pretende inverter a dinâmica da Black Friday, este ano, incentivando os consumidores a darem uma segunda vida a produtos IKEA indesejados, com pouca utilidade ou que já não fazem sentido lá em casa.

Esta iniciativa do Grupo Ingka, que decorre entre 24 de novembro e 3 dezembro, vai permitir aos consumidores trocar os seus produtos por um cartão reembolso da marca, que pode ser utilizado até um ano após a data de entrega.

No entanto, a IKEA Portugal decidiu estender os prazos da campanha anteriormente divulgados, de forma a simplificar o processo e evitar aglomerações e constrangimentos no momento da entrega dos produtos.

Assim, entre 24 de novembro e 3 de dezembro, os consumidores devem utilizar a plataforma de segunda vida para obterem uma proposta de valor do seu artigo e seguir três passos, mas poderão dirigir-se à loja, até 29 de janeiro, para realizar a entrega dos mesmos.

 

Processo

O processo é simples. Deve-se preencher o formulário e agendar dia e hora de entrega. Quando preenche o formulário, o cliente recebe imediatamente uma estimativa do preço de revenda dos seus móveis IKEA usados e irá conseguir selecionar o dia e a loja onde pretende dirigir-se.

Depois, deve levar o produto para a loja no dia e hora marcada. No dia escolhido, o cliente deve levar os móveis usados à zona dedicada para a entrega na loja seleccionada, onde um dos colaboradores IKEA vai verificar o estado dos móveis para confirmar a avaliação final.

Com a verificação concluída, o cliente recebe um cartão de reembolso com o valor final atribuído. Esse cartão pode ser utilizado na IKEA, até um ano após a data de emissão. De 24 de novembro e 3 de dezembro, se for um membro IKEA Family, recebe 50% adicional desse valor.

 

Buy Back Friday

A campanha de Buy Back Friday, para além de motivar um consumo mais responsável, é o mote do lançamento da nova plataforma de projeto Segunda Vida da IKEA, pelo que, após esta iniciativa, o serviço irá manter-se ativo para ajudar os clientes a reutilizar, reduzir e dar novas vidas aos seus produtos, podendo receber até 50% do valor original do artigo.

Grupo GLS

Grupo GLS reforça rede europeia

makro

Makro Portugal apoia gastronomia com campanha de Natal