in

Históricos do retalho em risco de colapso iminente

As cadeias norte-americanas de grandes armazéns Sears e Kmart estão em risco de colapso iminente, segundo os analistas da Moody’s, que alegam a sua falta de liquidez.

Em comunicado, a agência de notação financeira assinala que as duas cadeias têm poucas reservas de dinheiro e carecem de acesso adequado de liquidez. A Kmart está em particular risco de encerramento e a Sears poderá ver-se obrigada a obter financiamento no exterior para manter operações.

Esta análise da Moody’s sucede ao anúncio, por parte da Sears, de que o seu cash flow tinha descido para os 276 milhões de dólares, face aos 1.800 milhões do ano passado. Há mais de uma década que as suas vendas estão em queda, tendo reduzido dos 41 mil milhões de dólares obtidos em 2000 para os 15 mil milhões de 2015. Já a Kmart, que se fundiu com a Sears em 2005, passou de 37 milhões de dólares para 10 milhões no mesmo período.

Publicidade

Publicidade

Gillette anuncia parceria global com FC Barcelona

Spar entra na Albânia