in

Heineken entra no Equador com compra de cervejeira local

A Heineken entrou no Equador com a aquisição de uma participação maioritária na Biela, que opera uma fábrica de cerveja em Guayaquil, a maior cidade do país.

Para além da cerveja de marca Biela, a cervejeira holandesa pretende comercializar as suas próprias marcas no Equador, não estando posta de parte o fabrico local da cerveja Heineken.

Segundo o grupo holandês o mercado cervejeiro equatoriano apresenta oportunidades promissoras, com uma dimensão atual de seis milhões de hectolitros por ano e um consumo per capita de 39 litros, relativamente baixo comparativamente a outros países da América do Sul. “Com a sua demografia favorável, a florescente indústria turística e o crescimento do PIB, oferece um grande potencial para fazer crescer a nossa oferta premium, liderada pela marca Heineken”, assinala Marc Busain, presidente da Heineken América.

Kellogg substitui diretor de finanças após queda de 36,5% nos lucros

Showroomprivé completa a compra da Beauteprivee