in

Hasso branco e tinto chegam ao mercado

Kranemann Wine Estates apresenta a gama para os vinhos jovens e gastronómicos

A Kranemann Wine Estates dá mais um passo na sua estratégia de produto ao lançar no mercado a marca Hasso, para os vinhos de entrada gama, que propõe um perfil de frescura e elegância, espelho do terroir de altitude no Vale do Távora.

Chegam, assim, ao mercado o Hasso Tinto 2018 e o Hasso Branco 2018, vinhos jovens e gastronómicos, de uma versatilidade ideal para o verão que se avizinha.

A inspiração para a marca Hasso resulta do carácter descontraído e divertido do fiel parceiro que acompanha a família Kranemann, o Hasso, cão de raça Leão da Rodésia que surge no rótulo dos vinhos. Esta imagem, refira-se, arrecadou um Trophy, prémio máximo no The Wine Design Challenge 2020, para a categoria “new design of a Wine Brand”, na competição organizada pela revista inglesa Drinks International, que valorizou a abordagem limpa, moderna e descomplicada desta marca da Kranemann.

Os vinhos agora apresentados inserem-se precisamente nesse registo. “O Hasso Tinto é um vinho jovem, um lançamento menos comum numa região como o Douro. Procurámos um processo com menos extração, menos taninos, tornando o vinho mais redondo e fácil e potenciando as características do nosso terroir. É um tinto que mostra o lado muito fresco e elegante do Douro, numa prova fácil e direta”, explica o enólogo Diogo Lopes.

Sobre o Hasso Branco, Diogo Lopes refere que “é também um vinho muito sedutor e consensual. Aqui, procurámos potenciar a expressão da fruta e, ao mesmo tempo, manter equilíbrio, acidez e frescura. Tanto no branco como no tinto, estamos perante dois vinhos modernos e atraentes, marcados pelo seu terroir”.

Publicidade

Business for Nature

Sonae integra iniciativa Business For Nature

Fnac

Fnac eleita empresa de retalho mais atrativa para trabalhar