in

Grupo os Mosqueteiros fecha lojas domingo à tarde

O Grupo Os Mosqueteiros, detentor das insígnias Intermarché, Bricomarché e Roady, acaba de anunciar uma medida inédita no sector da distribuição, o fecho das suas 320 lojas ao domingo a partir das 14 horas, para descanso dos seus colaboradores.

A diretriz agora definida tem como principal objetivo promover a maior rotatividade das equipas, a proteção dos colaboradores e o seu descanso num contexto de aumento de atividade. Ao reduzir horário, os gestores conseguem melhor organizar as equipas de trabalho, de forma a permitir uma maior segurança dos colaboradores, garantindo também assim a continuidade do serviço durante toda a pandemia.

A esta medida de proteção dos colaboradores junta-se ainda a definição de horários exclusivos para profissionais de saúde, forças de segurança e proteção civil. Atendendo a que cada loja do Grupo Os Mosqueteiros é gerida por empresários independentes que, pela sua proximidade às comunidades locais, têm um conhecimento privilegiado das suas especificidades e necessidades, é da competência de cada uma delas a definição deste horário exclusivo para profissionais da linha da frente. “Estamos, como sempre estivemos, ao serviço da comunidade. Sabemos que este é um momento difícil e é com um enorme reconhecimento que assistimos ao profissionalismo com que os nossos colaboradores têm enfrentado a situação, ajudando a manter o nosso país de pé. O seu bem-estar e o das suas famílias é tão importante para nós quanto o dos nossos clientes,” refere João Magalhães, administrador do Grupo Os Mosqueteiros. “Os nossos colaboradores estão empenhados em servir o país e os portugueses. Ainda que extraordinária e temporária, esta medida visa garantir o descanso daqueles que estão na linha da frente. Existe entre todos nós um grande sentimento de interajuda e esta diretriz é o reflexo disso. Aos nossos clientes pedimos compreensão para a necessidade de descanso dos nossos colaboradores. Estamos juntos pelo que é mais importante”, acrescenta ainda.

Publicidade

Auchan dá prémio de 20% do salário total

Os sectores mais afetados pelo coronavírus