in

Grupo Casino estima um impacto de 50 milhões de euros com o movimento dos coletes amarelos

Foto Shutterstock

O Grupo Casino estima que os protestos dos coletes amarelos tenham tido um impacto de 50 milhões de euros nas suas vendas, cerca de 1% numa base comparável em termos das operações francesas.

O valor foi adiantado por David Lubek, diretor financeiros do grupo retalhista gaulês, no seguimento do anúncio dos resultados de 2018, em que a divisão francesa de retalho cresceu 1,4% no quarto trimestre, para os 4,92 mil milhões de euros.

O impacto dos protestos foi maioritariamente sentido nas lojas Géant, com 30% a serem significativamente afetadas pelos bloqueios. “Houve também algum efeito na Monoprix e Franprix derivado das manifestações aos sábados e da redução do turismo em Paris no final de dezembro”, acrescenta. De facto, na Franprix, as vendas estagnaram em termos comparáveis e caíram 0,6% em termos orgânicos.

O diretor financeiro do Grupo Casino descreve o desempenho no quarto trimestre como “relativamente satisfatório, no culminar de um ano bem-sucedido, com todas as iniciativas previamente implementadas a mostrarem os seus resultados”.

Publicidade

Publicidade

Investigadores querem otimizar o processo de obtenção de mel em pó

Henkel pretende investir 300 milhões de euros ao ano para impulsionar marcas e operações online