in

Grupo BRITA aumenta faturação em Portugal em 21,7%

O Grupo BRITA, um dos maiores especialistas mundiais em otimização e personalização de água, alcançou, em 2020, um recorde na sua história corporativa. As vendas globais ascenderam a 617 milhões de euros, registando um acréscimo de 12,6% face ao ano anterior. No que respeita a Portugal, a faturação aumentou 21,7%, consolidando-se como uma alternativa sustentável às garrafas de plástico.

De acordo com o grupo, algumas das principais razões deste desempenho foram uma estratégia clara, durante a pandemia, que garantiu a produção e logística em todo o mundo, elevada procura e reconhecimento entre os consumidores que apreciam produtos cómodos e seguros, assim como um compromisso cada vez mais forte com a sustentabilidade. “A nossa marca, a única verdadeiramente global na otimização da água potável, é o nosso maior ativo. Este facto ficou demonstrado, uma vez mais, mesmo em tempos de pandemia, quando se destacou a necessidade de ter água com bom sabor em casa, sem ter que ir constantemente comprar garrafas de água mineral. Consumidores em todo o mundo confiam na BRITA porque sabem que oferecemos um produto de qualidade e seguro, além de comodidade e fiabilidade”, explica Markus Hankammer, CEO do Grupo BRITA e segunda geração à frente desta empresa familiar.

 

Nova estratégia 2020-2025

Nos últimos cinco anos, o Grupo BRITA estabeleceu o objetivo de deixar de ser uma empresa centrada na Europa para se tornar numa empresa global e multiproduto, para além do popular jarro com filtro BRITA. Na nova estratégia, “Dar forma a Soluções Sustentáveis”, a BRITA coloca a sustentabilidade no centro. “Já éramos sustentáveis antes que a palavra existisse”, recorda Markus Hankammer. “Fomos pioneiros com a reciclagem dos nossos filtros e com o nosso sistema de regeneração para permuta iónica, um dos componentes dos nossos filtros. Ao longo dos anos, estabelecemo-nos como uma referência junto dos nossos consumidores e clientes como fornecedores de alternativas sustentáveis à água mineral”.

Atualmente, são poupadas por ano mais de quatro milhões de garrafas que, se colocadas lado a lado, dariam a volta ao Equador 35 vezes. A meta da BRITA, para 2023, é aumentar esse número para 5.500 milhões de garrafas.

Publicidade

CTT e Sonae MC parceiros na instalação de 15 cacifos CTT

Johnson & Johnson

Johnson & Johnson recolhe protetores solares após deteção de cancerígeno