in

Grupo Bimbo cresce a dois dígitos

O Grupo Bimbo fechou 2020 com uma faturação de 331.051 milhões de pesos (12.956,2 milhões de euros), o que representa um aumento de 13,4% em relação ao ano anterior. A empresa atribui esse aumento aos preços favoráveis, ao desempenho dos volumes de vendas e ao benefício do câmbio.

Da mesma forma, o lucro líquido do grupo mexicano cresceu 44,2% nos últimos 12 meses, atingindo 9.110 milhões de pesos mexicanos (356,5 milhões de euros).

Em relação ao quarto trimestre do ano, as vendas aumentaram em dois dígitos (12,4%), para 84.778 milhões de pesos (3.319,8 milhões de euros), enquanto o lucro líquido totalizou 2.890 milhões de pesos (113,2 milhões de euros), 58,4% mais.

Por região, os negócios da Bimbo na América do Norte aumentaram 19,2%. entre outubro e dezembro, enquanto a faturação no mercado mexicano aumentou 1,6%. Na América Latina como um todo, as receitas cresceram 6,5%, enquanto a evolução do grupo na Europa, Ásia e África melhorou 17,3%.

 

“Ano excecional”

Apesar de um ambiente desafiador, 2020 foi um ano excecional para o Grupo Bimbo, refletido em resultados recorde e ganhos de participação de mercado”, destaca o presidente do Conselho e CEO da empresa, Daniel Servitje. “Hoje, vejo os resultados de 75 anos de criação e progresso, porque, graças à nossa liderança global numa indústria essencial, o trabalho árduo dos nossos colaboradores, a nossa diversificação geográfica de canais e categorias, as nossas marcas e a nossa capacidade de produção, fomos capaz de servir com orgulho os nossos consumidores durante este período de turbulência e procura extraordinárias”, acrescenta.

Publicidade

Danone

Danone quer vender a sua participação na chinesa Mengniu

Hestia

Hestia leva comida premium aos lares dos portugueses