in

Garmin anuncia receita recorde no 2.º trimestre de 2019

A Garmin anunciou os seus resultados referentes ao segundo trimestre, período em que a faturação global ascendeu a 955 milhões de dólares, um número que representa um crescimento de 7% face ao mesmo período do ano anterior.

Especial destaque para o crescimento conjunto de 12% nas áreas de aviação, náutica, fitness e outdoor comparativamente ao mesmo trimestre de 2018. Salvador Alcover, diretor geral da Garmin Ibéria, refere “estamos muito satisfeitos por termos conseguido alcançar valores de receita e lucros recorde neste nosso segundo trimestre de 2019, com três dos nossos cinco segmentos a apresentar taxas de crescimento de receita na ordem dos dois dígitos. Estes resultados dão-nos a confiança de que iremos conseguir elevar a nossa receita de 2019“.

Por sectores, o segmento de aviação registou um crescimento de 20% na receita do segundo trimestre, com contribuições das categorias de reposição e OEM. As margens bruta e operacional foram de 75% e 36%, respetivamente, resultando em crescimento de 27% no lucro operacional.

A receita do segmento marítimo cresceu 13% neste trimestre, impulsionada pela forte procura dos plotters cartográficos e dos sonares Panoptix LiveScope. As margens bruta e operacional melhoraram para 61% e 28%, respetivamente, resultando num forte crescimento do lucro operacional. A

No que respeita ao segmento de fitness, a receita cresceu 12% no trimestre, impulsionada pela recente aquisição da Tacx. As margens bruta e operacional foram de 54% e 20%, respetivamente.

A receita do segmento de Outdoor cresceu 4% no trimestre, impulsionado pelas ofertas de produtos de golfe e inReach. As margens bruta e operacional permaneceram fortes em 64% e 34%, respetivamente.

Finalmente, o segmento Automóvel declinou 13% no trimestre, devido à contração continua do mercado. As margens bruta e operacional melhoraram para 48% e 16%, respetivamente.

XS Black Cherry Cola Blast acaba de chegar ao mercado nacional

O paradigma da conveniência