in

Espaço Guimarães purifica o ar de Guimarães através de tela publicitária

O ar da cidade de Guimarães está mais respirável graças ao novo projeto de responsabilidade social do Espaço Guimarães, do Grupo Klépierre, que instalou uma tela publicitária inovadora com um tratamento especial que permite purificar o ar.

Utilizado pela primeira vez numa campanha outdoor de grande formato, este sistema é reproduzido numa tela que possui um tratamento especial de dióxido de titânio, o qual, ao receber a luz solar, ativa um processo de fotocatálise que permite desintegrar até 85% dos elementos poluentes presentes na atmosfera e que contribuem para o efeito de estufa, como é o caso do dióxido de nitrogénio (NO2), dióxido de enxofre e outros compostos orgânicos voláteis. O tratamento de dióxido de titânio utilizado nesta superfície está homologado pela Associação Ibérica de Fotocatálise.

 

Equivalente a 100 árvores

Durante três meses, a tela contribuirá para a purificação do ar dos vimaranenses, num equivalente ao obtido por mais de 100 árvores. Terminado o período de campanha, a mesma irá ganhar vida ao ser transformada em diversos artigos, como sacos de compras, numa parceria com associações e entidades locais.

No Espaço Guimarães, estamos muito focados em fazer o melhor pela nossa comunidade. Ao longo dos anos, temos apostado em diversas iniciativas que promovem o bem-estar geral, quer através de iniciativa dirigidas à população como à cidade que, indiretamente, beneficiam os cidadãos. Esta tela purificadora de ar é o mais recente projeto que promete uma melhoria na qualidade do ar respirado pelos vimaranenses. Mas a sua vida não termina aí e a tela vai ser transformada em artigos utilitários do dia-a-dia e amigos do ambiente. Este projeto está integrado no ActForGood, um dos pilares da Klépierre, e deixa-nos muito orgulhosos do nosso percurso enquanto influenciadores de mudança positiva na comunidade”, refere Joana Rocha, Marketing Manager do Espaço Guimarães.

 

ActForGood

Esta iniciativa é a mais recente ação promovida pelo Espaço Guimarães no âmbito do ActForGood, ao qual se juntam ainda as recentes ações de 2021 de estacionamento gratuito para bicicletas e trotinetes, como um incentivo ao uso destes veículos ecológicos, e a instalação de eco-pontas e papa-chicletes nas duas entradas principais do centro.

Estes dois depósitos foram criados pela cidade de Guimarães, numa parceria com o Laboratório da Paisagem, uma unidade de investigação e educação ambiental partilhado pela Câmara Municipal de Guimarães e a Universidade do Minho, e o Centro de Valorização de Resíduos (CVR), e contam com o total apoio do Espaço Guimarães que, desde logo, se disponibilizou a implementar nos seus espaços. O objetivo é incentivar os clientes a depositarem chicletes e beatas em recipientes próprios que promovem a redução de lixo gerado pelos mesmos.

Publicidade

Televisão

NOS e MEO lideram estratégias de soft sponsoring na TV portuguesa

Dois Corvos produz cerveja pelo reconhecimento da importância da mulher na indústria cervejeira