in

Eroski inicia processo para a venda da Caprabo

Foto Shutterstock

A Eroski contratou a PwC para a assessorar na venda da Caprabo.

O processo encontra-se ainda numa fase inicial, com as negociações a deverem iniciar no primeiro trimestre, avança o Expansión. Entre os potenciais compradores estão investidores financeiros e industriais.

Fontes do sector citadas pelo jornal espanhol indicam que a venda da Caprabo poderá render à Eroski, pelo menos, 400 milhões de euros, mas um valor muito inferior aos 1.300 milhões de euros pagos pela cooperativa, em 2007, para comprar a cadeia.

Publicidade

Publicidade

Compras de marca própria do Lidl vão ajudar projetos sociais

IKEA deixa de vender artigos de plástico descartável