in

Empresas de entrega de comida ao domicílio necessitam de 8.000 serviços diários para serem rentáveis

Foto Shutterstock

A sustentabilidade do modelo de negócio das empresas de entrega de comida do domicílio baseia-se na sua capacidade de atrair utilizadores e na complementaridade dos serviços que oferecem.

Esta é uma das principais conclusões de um estudo da UOC sobre a operação das principais plataformas de delivery, como a Glovo, a Just Eat e a Deliveroo, para estimar o número de encomendas que têm de atingir de modo a assegurar a sua rentabilidade. “É muito difícil para estes modelos de negócio serem rentáveis por si só”, afirma Eduard J. Álvarez Palau, investigador e principal autor do estudo, juntamente com Ángel A. Juan.

No decurso da pesquisa, os investigadores analisaram dados públicos de diferentes empresas para aferir como o lucro é gerado neste tipo de plataformas. Para além da análise das receitas, foram equacionados os custos fixos e variáveis de cada entrega.

 

Rentabilidade do serviço

O estudo indica que são necessários, pelo menos, oito mil serviços diários para que este tipo de plataformas comece a ser rentável. “Este será o cenário mais benevolente. O cenário alternativo, no qual acrescentamos os custos relacionados com a expansão para outros mercados, revela que os serviços têm de ser aumentados para 19 mil para que o sistema operativo seja rentável, o que é um pouco surpreendente”, adianta Eduard J. Álvarez Palau.

Não obstante, estas empresas não baseiam as suas receitas apenas na sua atividade, mas sim em dois pilares: os investidores e fundos de capital, que lhes permitem manter o negócio, e a participação noutros modelos de negócio. “Apesar do negócio principal ser a entrega de comida, é difícil ser economicamente sustentável e, como tal, estas plataformas começaram a escolher modelos de negócio complementares, como a entrega de outros tipos de produtos ou serviços complementares para os restaurantes, como ‘dark kitchens’”, acrescenta.

Graças a estas opções estratégicas, este tipo de plataforma consegue uma percentagem mais elevada dos lucros. “O seu objetivo principal é atrair o mais número de utilizadores possível de modo a oferecer-lhes serviços adicionais”.

Publicidade

Cruz Vermelha Portuguesa e Mercadona assinam acordo de colaboração

Sede IFA

Grupo IFA supera os 32 mil miIhões de euros de faturação consolidada no sul da Europa