in

E.Leclerc arrisca-se a multa de 117 milhões de euros

Foto Shutterstock

O governo francês quer multar o E.Leclerc em 117 milhões de euros, acusando-o de utilizar a sua central de compras na Bélgica para violar as regras da concorrência.

Este domingo, dia 21 de julho, o Ministério da Economia e Finanças francês anunciou um procedimento contra quatro entidades do grupo presidido por Michel-Edouard Leclerc, designadamente, a Eurelec Trading, a Scabel, a Galec e a Acdlec, por “práticas comerciais abusivas”.

Este não é o único processo com o E.Leclerc, que há vários meses tem outro em aberto onde se reclama uma multa de 108 milhões de euros por descidas de preços supostamente contrárias às regras comerciais exigidas aos fornecedores.

KuantoKusta lança plano de branding para angariar 20 parceiros até 2020

Esporão Colheita chega ao mercado