Foto Shutterstock
in

Discounters continuam a ganhar quota de mercado aos supermercados britânicos

As quatro maiores cadeias de supermercados do Reino Unido perderam parte da sua participação de mercado nos últimos meses – novamente. Os principais vencedores são os discounters Lidl e Aldi e Ocado.

A líder de mercado Tesco viu a sua faturação trimestral cair 1,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda continua a ser a maior cadeia na Grã-Bretanha, com uma quota de mercado de 27%. A Sainsbury’s conseguiu limitar a sua perda de faturação a 0,6%, mantendo 15,4% do mercado. O volume de negócios da Asda caiu 1,5%, o da Morrisons em 2,7%. Os “quatro grandes” agora controlam 67,4% do mercado, exatamente 1% abaixo do ano anterior.

Por outro lado, a Aldi e o Lidl são os principais destinos para esses “clientes perdidos” e conseguiram aumentar o seu volume de negócios em 6,2% e 7,7%, respectivamente. A quota de mercado da Aldi subiu para 8,1%, enquanto a do Lidl subiu para 5,9%. Este último tem abrindo um grande número de novas lojas no Reino Unido e foi capaz de atrair mais clientes – que também gastaram 19,3% a mais por média nas visitas às lojas.

No entanto, o crescimento mais rápido foi alcançado por um pequeno player online: a Ocado aumentou a sua faturação em 12,6% e agora tem uma participação de mercado de 1,4%. A empresa atraiu 7% mais clientes, enquanto o valor médio por pedido subiu 1,93 libras (2,1 euros) em comparação com o ano anterior.

Auchan e AMI vão dar material escolar a mais de 3700 crianças

Zalando experimenta com loja de roupa em segunda mão em Berlim