DHL_Alice
in

DHL Express compra primeiros aviões de carga totalmente elétricos da Eviation

A DHL é a primeira empresa a encomendar 12 aviões eCargo Alice totalmente elétricos à Eviation, fabricante global de aeronaves totalmente elétricas.

Com este compromisso, a DHL pretende estabelecer uma rede elétrica Express e dar um passo em direção a um futuro sustentável na aviação.

Alice, da Eviation, permite às companhias aéreas, tanto de carga quanto de passageiros, operarem uma frota com zero emissões. A Eviation prevê entregar a aeronave elétrica Alice à DHL Express, em 2024.

Acreditamos firmemente num futuro com uma logística de emissões zero”, refere John Pearson, CEO da DHL Express. “Por isso, os nossos investimentos têm sempre o objetivo de melhorar a nossa pegada de carbono. No caminho para uma logística com operações limpas, a eletrificação de cada modo de transporte desempenha um papel crucial e irá contribuir significativamente para o nosso objetivo global de sustentabilidade de zero emissões. Fundada em 1969, a DHL Express é conhecida como pioneira na indústria da aviação há décadas. Encontrámos o parceiro perfeito na Eviation, uma vez que partilha o nosso propósito, e juntos iremos descolar em direção a uma nova era de aviação sustentável”.

 

Alice

Alice pode ser pilotada por um único piloto e transportar 1.200 quilogramas. Vai requerer 30 minutos ou menos para carregar por hora de voo e terá um alcance máximo até 815 quilómetros (440 milhas náuticas).

Alice vai operar em todos os ambientes atualmente servidos por aviões a pistão e turbina. Os seus motores elétricos têm menos peças móveis para aumentar a fiabilidade e reduzir os custos de manutenção. O software operacional monitoriza constantemente o desempenho do voo para assegurar a eficácia.

Desde o primeiro dia, estabelecemos um objetivo audacioso de transformar a indústria aeronáutica e criar uma nova era com aviões elétricos”, afirma o CEO da Eviation, Omer Bar-Yohay. “A parceria com empresas como a DHL, que são líderes no transporte sustentável de carga, é uma prova de que a era elétrica está a chegar. Este anúncio é um marco significativo na nossa missão de transformar o futuro dos voos em todo o mundo”.

A aeronave é ideal para rotas de abastecimento e requer um investimento menor na infraestrutura da estação. Alice pode ser carregada durante as operações de carga e descarga, garantindo tempos de entrega rápidos que mantêm os horários apertados da DHL Express.

 

Descarbonização

Da próxima vez que fizer uma encomenda, verifique se é entregue com uma aeronave de emissão zero, como a DHL vai fazer”, afirma o presidente executivo da Eviation, Roei Ganzarski. “Com o comércio internacional e as entregas em constante crescimento, a Alice permite que a DHL estabeleça uma operação limpa, tranquila e de baixo custo, que vai criar melhores oportunidades para mais comunidades”.

A descarbonização das operações é um dos principais pilares do novo “roadmap” de sustentabilidade do Grupo DPDHL, anunciado no primeiro trimestre. O Grupo está a investir um total de sete mil milhões de euros, até 2030, em medidas para reduzir as suas emissões de CO2. Os fundos irão, em particular, para a eletrificação da frota de entrega “last-mile”, combustíveis sustentáveis para a aviação e edifícios neutros do ponto de vista climático.

A caminho do objetivo de emissões zero, até 2050, que já está em vigor há quatro anos, a empresa compromete-se com novas metas intermédias. Por exemplo, como parte da Science Based Target Initiative (SBTi), o Grupo Deutsche Post DHL está empenhado em reduzir as suas emissões de gases de efeito estufa, até 2030, em linha com o Acordo Paris sobre alterações climáticas.

Skizo

Skizo cria saco de lavagem de roupa que evita envio de microplásticos para rios e oceanos

Kopke

Kopke prepara lançamento dos seus primeiros Vinhos do Porto 50 Anos