in

Crescimento do comércio em 2019 e 2020 revisto fortemente em baixa

Foto Shutterstock

A escalada das tensões comerciais e a desaceleração da economia mundial motivaram a revisão em baixa das previsões de crescimento para o comércio, em 2019 e 2020, por parte da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O crescimento previsto para 2019 é de 1,2%, valor consideravelmente inferior ao de 2,6% projetado em abril. Para 2020, o crescimento previsto é de 2,7%, inferior aos 3% anteriormente estimados.

A OMC alerta para o risco do agravamento da situação e que as perspetivas para 2020 dependem da recuperação da normalidade nas relações comerciais. “A deterioração das perspetivas comerciais é desalentadora, embora não inesperada. Além dos seus efeitos diretos, os conflitos comerciais aumentam a incerteza, o que induz algumas empresas a atrasar os investimentos com vista à melhoria da produtividade, que são essenciais para elevar o nível de vida”, explica Roberto Azevêdo, diretor geral da OMC. “A criação de postos de trabalho também pode ser travada, uma vez que as empresas irão empregar menos trabalhadores para a produção de vens e serviços destinados à exportação”, acrescenta.

Estas previsões baseiam-se em estimativas de consenso, segundo as quais o PIB mundial crescerá 2,3% em 2019 e 2020, valor abaixo dos 2,6% anteriormente previstos. A desaceleração do crescimento económico deve-se, em parte, ao aumento das tensões comerciais, mas obedece também a fatores cíclicos e estruturais, que afetam alguns países, como a mudança de orientação da política monetária em algumas economias desenvolvidas e a incerteza relacionada com o Brexit na União Europeia.

Publicidade

Publicidade

Asda entra no canal grossista

Autocarro gratuito do Forum Algarve premiado nos ICSC Solal Marketing Awards