in ,

Costa Coffee pode entrar nas prateleiras dos supermercados

A aquisição da Costa Coffee pela Coca-Cola oferece a oportunidade daquela entrar nas operações de retalho da multinacional norte-americana e se tornar um dos pilares das prateleiras dos supermercados em todo o mundo, afirma a GlobalData.

Com a Costa Coffee a operar em muitos dos maiores mercados mundiais de retalho de café, a Coca-Cola poderá alavancar algum reconhecimento da marca na segmentação dos compradoresNo entanto, a marca atualmente não está presente nos Estados Unidos da América e no Brasil, países que oferecem algumas das melhores oportunidades de crescimento nos mercados de retalho e onde a Coca-Cola tem uma forte rede de distribuição”, comenta Ronan Stafford, analista-chefe de consumo da GlobalData.

A China apresenta uma oportunidade de crescimento chave e onde a Costa Coffee já tem uma presença estabelecida no mercado de café. Mas é no café gelado onde há espaço para expansão da marca. A GlobalData antecipa que a Coca-Cola investirá fortemente na China para aproveitar as oportunidades que este mercado proporciona aos produtos de café.  “Apesar da expansão chinesa ser o primeiro ponto de escala para a Costa Coffee, os Estados Unidos provavelmente seguirão. Embora o crescimento das vendas de produtos de café gelado no retalho seja moderado, a dimensão do mercado norte-americano torna-o numa oportunidade atraente de investimento para a Costa Coffee, especialmente agora que terá acesso às experientes operações de marketing e distribuição da Coca-Cola naquele país“.

Publicidade

Publicidade

Sociedade Ponto Verde e L’Oréal transformam embalagens de plástico usadas em arte

Profissionais portugueses querem mais mobilidade e flexibilidade laboral