in ,

Continente desafia clientes a apontar melhorias às suas embalagens

Fora da Caixa é o nome da iniciativa que arranca no site Plástico Responsável do Continente e que desafia os portugueses a sugerirem melhorias para as embalagens dos produtos de marca própria.

Para assinalar o lançamento do projeto, que conta com o apoio e participação da Sociedade Ponto Verde, as primeiras ideias submetidas (até 17 de janeiro) serão avaliadas por um júri, que atribuirá cabazes de produtos às 10 melhores. Posteriormente, uma votação online do público ditará a ideia vencedora entre as 10 selecionadas, que não só será implementada em loja, como o seu autor receberá um robot de cozinha Yämmi 2 XXL.

 

Fora da Caixa

Os consumidores que queiram sugerir alterações às embalagens Continente (ou à forma como os produtos estão expostos em loja), para tornar a marca mais sustentável, já o podem fazer na plataforma criada para o efeito: Fora da Caixa. A página está disponível permanentemente, mas, para assinalar o seu lançamento, há um passatempo a decorrer até 17 de janeiro, que irá premiar as melhores ideias.

Na página do Fora da Caixa, além de poder deixar as ideias e consultar os passatempos a decorrer, é possível conhecer todas as medidas já implementadas pelo Continente nos seus produtos. As ideias submetidas na plataforma que resultem mesmo em novas embalagens poderão chegar às lojas com o nome do autor identificado no packaging.

Para participar no passatempo de lançamento, as ideias devem ser submetidas na plataforma até 17 de janeiro. Numa primeira fase, um júri de especialistas em sustentabilidade da Sonae MC e da Sociedade Ponto Verde selecionarão as 10 melhores, que ficarão disponíveis para votação do público a partir de dia 31 de janeiro até dia 14 de fevereiro. Os autores das 10 participações escolhidas pelo júri recebem um kit de compras sustentável (com produtos Continente Bio, Continente Eco, da marca Kasa, etc.) e a ideia mais votada pelo público receberá ainda uma Yämmi 2 XXL e o livro de receitas “Simples, Yämmi e sem Desperdício”.

 

Uso responsável dos plásticos

O Continente tem vindo a trabalhar em diversas medidas no âmbito da sua Estratégia para o Uso Responsável dos Plásticos, contando com um grupo de trabalho multidisciplinar focado no desenvolvimento de soluções mais sustentáveis, que junta às nossas equipas os nossos fornecedores, parceiros como a Sociedade Ponto Verde e, agora, consumidores. Porque sentimos os consumidores cada vez mais envolvidos, desde os produtos em si até aos sacos e recipientes em que os transportam, é natural que queiramos escutar o que têm para nos sugerir. Nos últimos anos, temos feito várias alterações às nossas embalagens para reduzir o seu peso, eliminar os materiais desnecessários, melhorar a sua reciclabilidade e incorporar materiais reciclados; acreditamos que, em conjunto com os consumidores, podemos fazer a diferença. Todos os dias, recebemos questões e sugestões de quem contacta diretamente com as nossas embalagens, mas agora quisemos criar um espaço próprio para esta missão”, explica Ana Alves, diretora comercial de Marcas Próprias da Sonae MC. “O Fora da Caixa nasce porque sabemos que acelerar a transição para uma economia circular em embalagens só é possível com o compromisso e participação de todos. Esperamos receber muitas ideias e levá-las até às lojas”, acrescenta a responsável.

O projeto Fora da Caixa junta duas componentes absolutamente atuais e relevantes: a inovação nas embalagens e uma comunicação e sensibilização para o tema, de forma próxima e colaborativa com o cidadão. Um consumidor informado e esclarecido terá maior empenho e participação na reciclagem das embalagens e acreditamos que esta iniciativa do Continente se destaca também ela pela inovação e pela capacidade de mobilização para o tema da sustentabilidade na cadeia de valor das embalagens”, acrescenta Ana Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde.

 

Continente

Em 2020, o Continente alcançou um nível de poupança superior a 4,2 mil toneladas de plástico virgem por ano. Além das toneladas de plástico virgem eliminadas (entre eliminação de plástico considerado desnecessário e substituição de material virgem por reciclado), a marca substituiu ainda 50 toneladas de plástico com baixa reciclabilidade (como o PVC) por outros materiais mais fáceis de reciclar (como o PET) dos seus produtos.

Também outras áreas como a redução do desperdício alimentar, energia e transporte fazem parte das preocupações da Sonae MC com vista a diminuir a pegada ambiental da sua atividade.

Publicidade

ZU

ZU inaugura loja em Évora

Starbucks at Home

Blends de Natal de Starbucks at Home estão de volta