in

Consumo de vinho sem álcool com crescimentos de 7%

Foto Shutterstock

O consumo de vinho sem álcool será uma das principais tendências nos próximos anos, segundo um estudo da Fact.MR, que antecipa que este mercado atinja os 9.260 milhões de euros, em 2027.

Entre 2019 e 2027, prevê-se que o sector registe uma taxa de crescimento anual de 7%, impulsionado pelos novos hábitos de consumo. “A tendência cada vez maior para uma consciencialização sobre a saúde e bem-estar está a posicionar o vinho sem álcool como uma das maiores categorias de produto no sector das bebidas”, diz a consultora.

A Europa representou mais de 40% da procura total do mercado de vinho sem álcool em 2018, mas a América do Norte será a região mais importante do mundo no período em análise, com uma taxa de crescimento de mais de 8%. “Durante a última década, a quota de mercado do vinho sem álcool cresceu significativamente, com a preferência crescente das bebidas com baixo teor alcoólico”, diz a Fact.MR, que relembra que os fabricantes estão a rever as suas estratégias, focando-se em bebidas com baixo conteúdo alcoólico e sem álcool para aumentar as margens.

Publicidade

Publicidade

Amazon Go estreia-se nos grandes formatos

Hebe vai expandir-se para a República Checa e Eslováquia