in

Consumidor usa uma média de três canais para se informar sobre uma marca

Apenas metade dos consumidores confia nas informações sobre as marcas que encontram na Internet, de acordo com o estudo “Dimension 2019” da consultora Kantar, que também aponta que o consumidor usa uma média de três canais para informar-se sobre uma marca.

Os websites de recomendações (70%) estão no topo do índice de confiança deste estudo, enquanto a publicidade (33%) e os influenciadores (44%) são os menos credíveis. Isto significa que o consumidor valoriza cada vez mais as opiniões dos seus pares.

Enquanto que a publicidade gera um amplo alcance entre o público, as relações públicas são percebidas pelo consumidor como formas eficazes de recuperar a sua confiança em situações de crise.”Não podemos mais escolher entre uma ação ou outra, pois não funcionam separadamente“, diz a pesquisa. “E, como todas as informações que circulam sobre uma marca influenciam a sua imagem, e o consumidor utiliza cada vez mais canais para se informar, é mais necessário do que nunca um planeamento e execução integrados e coerentes em todas as ações de comunicação, relações públicas e marketing”, acrescenta.

No entanto, embora esta ideia esteja muito instalada nas empresas, um em cada cinco profissionais do sector reconhece que não definiu estratégias integradas em todos os canais e plataformas, de acordo com o estudo “Getting Media Right 2019”, também da Kantar.

Por último, a consultora realça que perante um consumidor ultra informado, desconfiado e mais omnicanal do que nunca, as marcas devem criar mensagens coerentes e integradas em todos os canais para alcançar os seus consumidores no contexto em que estes desejam ser impactados; investir nos meios conquistados, pois aumenta a confiança do consumidor e permite controlar as conversas que giram em torno da marca; otimizar o seu investimento no offline e online e fazer medições em tempo real, não apenas para obter uma visão completa da contribuição de cada um deles, mas também para saber o que aconteceu; e antecipar o que acontecerá num futuro próximo.

Publicidade

Publicidade

Haier reafirma liderança mundial do mercado de grandes eletrodomésticos

Deslealdade é o novo normal dos Millennials