in

Cisco anuncia funcionalidades de armazenamento em rede de nova geração

A quantidade de dados armazenados nos data centers à escala global vai multiplicar-se por cinco até alcançar 915 exabytes em 2020, de acordo com dados do último Relatório Cisco Global Cloud Index.

A Cisco anuncia inovações para as redes de armazenamento de nova geração, concebidas para “ajudar as organizações a aceder, gerir e autorizar estes dados armazenados e responder às exigências de negócio da nova era digital”.

Assim, a Cisco oferece aos clientes de redes de armazenamento um rendimento em Fibre Channel (FC) de 32 gigabytes entre o MDS storage director e a plataforma Unified Computing System (UCS), além de analítica de redes de armazenamento e suporte Non-Volatile Memory express (NVMe) sobre o FC para todos os dispositivos de memória flash.

Thomas Scheibe, diretor sénior de Gestão de Produto para as Soluções de Data Center na Cisco, refere que, “na Cisco, continuamos amplamente comprometidos com o mercado de armazenamento em rede e estamos muito satisfeitos por poder oferecer inovadoras funcionalidades para a economia digital, além de podermos ajudar a proteger os investimentos feitos pelos clientes. Com uma instalação simples de um módulo económico, os clientes podem dar o salto para as redes de armazenamento de nova geração”.

A disponibilidade das soluções a Cisco está prevista para maio.

Publicidade

Sport Zone e Federação Portuguesa de Futebol criam #ONossoFutsal

ALF realiza fórum sobre o futuro da indústria portuguesa