in ,

Britânica Lush considera opções fora do Reino Unido

Devido à crescente preocupação com as consequências do Brexit, a empresa de cosméticos está a procurar opções de expansão fora do Reino Unido.

Os receios da empresa prendem-se com o aumento das taxas de importação e com as dificuldades de contratação de funcionários. A Lush revelou esta informação quando apresentou os seus resultados financeiros de 2016. “Até à data, a Lush floresceu a partir da liberdade de circulação de pessoas e bens. Agora, enfrentamos a incerteza em ambas as áreas. Durante este ano vamos analisar outras opções de crescimento,fora do Reino Unido”, explicou a empresa.

Cerca de 20% dos funcionários da Lush não tem passaporte britânico e sentem-se agora menos ‘desejados’, depois da votação que deu origem ao Brexit.

Apesar de afirmar que não vai despedir ninguém, a Lush está preparada para dar as boas-vindas a funcionários que estejam dispostos a mudar-se para os escritórios na Alemanha. Mais de 80 pessoas decidiram aceitar esta oferta, mudando-se para a Alemanha, onde a empresa iniciou atividade no outono de 2016.

O volume de negócios da Lush alcançou, no último ano, 830 milhões de euros, um crescimento de 26% em relação ao ano anterior. Já o EBITDA cresceu 76%, para 50 milhões de euros.

Publicidade

Empresas de chocolate lutam contra desflorestação na África Ocidental

Walmart testa sistema de pagamentos semelhante à Amazon Go