in

Automação lidera principais tendências de marketing para 2022

Relatório do Search Engine Journal destaca o papel fundamental da automação num cenário que exige agilidade e gestão eficaz dos dados

Grande Consumo - Branded Content

Lidar com uma grande quantidade de consumidores e oferecer uma experiência personalizada é um desafio para as empresas, que tem vindo a ser amparado pela automação de marketing. A tecnologia, aplicada à estratégia de marketing digital, procura usar ferramentas para automatizar processos de relação com atuais e potenciais consumidores.

O relatório “PPC Trends 2022”, produzido pela instituição americana de pesquisas de marketing Search Engine Journal, posiciona a automação de marketing como a principal tendência para este ano. A pesquisa expõe a visão de especialistas da área e reforça que a automação desempenha, neste e nos próximos anos, um papel fundamental para ajudar profissionais a tomar decisões baseadas em dados. O relatório destaca que, num cenário com grande quantidade de informações, vindas de várias fontes, consolidar dados é um processo que só poderá ser concluído com a ajuda da automação. Para além disso, as empresas que investirem na tecnologia podem ter uma vantagem sobre os seus concorrentes, principalmente pela agilidade.

Segundo o Head de Marketing da E-goi, Marcelo Caruana, com poucos cliques e muita estratégia, a automação permite que o objetivo de entregar o conteúdo certo, para o público certo e no momento certo, seja uma realidade. “É possível entender e agir de maneira personalizada e escalável junto à sua audiência nos diversos meios online. O resultado é o aumento da receita e dos lucros da empresa, além de uma evidente melhoria na retenção de consumidores e diminuição do custo de aquisição de novos clientes”.

 

Automação em marketing

Para Marcelo Caruana, o envio de SMS marketing ou o agendamento de publicações nas redes sociais são, de facto, tarefas automatizadas. Contudo, são muito abaixo do que é considerado automação de marketing. “O objetivo é otimizar processos e conquistar os resultados esperados, algo que vai muito além do que pode ser feito por um robô. Quando falamos em automação de marketing, falamos de estratégia, sobre compreender e respeitar profundamente o interesse do lead na sua jornada de compra. Quando o fluxo de automação vai bem, a relação com os clientes é efetivamente beneficiada”, explica.

Especialistas em marketing digital indicam que, para construir uma automação de marketing eficiente, é necessário definir a estratégia do negócio, as suas personas e as métricas que serão analisadas nas ações de automação. De seguida, é importante estabelecer a forma de interação com o lead em cada um dos estágios do funil de vendas (canal, tipo de mensagem, frequência) e qual conteúdo que será oferecido pelo sistema em cada etapa. O próximo passo é a implementação, que pode ser feita com o acompanhamento de especialistas. Para a manutenção, a dica é analisar os resultados de perto, fazer testes e aplicar as melhorias necessárias para que a automação traga os resultados esperados.

A comunicação multicanal automatizada, com conteúdo personalizado, contribui com a nutrição de leads, que, quanto mais maduros, melhor aproveitam o produto ou serviço oferecido, com maior ticket. A automação também torna o trabalho mais produtivo, principalmente da equipa de vendas, que é mais assertiva, com leads preparados. Por fim, proporciona um ciclo de vendas mais curto, por ter um funil mais eficiente e com maiores taxas de conversão.

Publicidade

Filipa David ÁguaMonchique

Água Monchique cria departamento da Felicidade

Esporão_José_Roquette

José Roquette distinguido com o Prémio Homenagem pela Revista de Vinhos